Últimas notícias

Zonta ignora problemas fecha sexta-feira na frente

Paranaense não se mostrou abalado pela desclassificação do Velo Città e tratou de estabelecer a referência de performance nesta sexta-feira em Goiâ

Ricardo Zonta foi o centro das atenções nesta sexta-feira na Stock Car, tanto para o bem quanto para o mal. O paranaense começou o dia com a informação de sua desclassificação das duas corridas do Velo Città - uma delas vencida por ele -, mas não se mostrou abalado com isso e terminou o primeiro dia de atividades para a terceira etapa do ano, em Goiânia, na primeira posição.

"Focamos parte do dia no acerto visando a corrida e agora nós trabalhamos no balanço para a classificação. Sabemos que será bastante competitiva a classificação e estou otimista em continuar na frete. Fico contente em retomar as coisas aqui em primeiro lugar, no mesmo ponto onde deixamos no Velo Città", comentou o piloto da Shell V-Power, que registrou o tempo de 1min24s158

Em seguida, uma grata surpresa: Felipe Lapenna. O piloto da Cavaleiro Sports, que subiu 19 posições na segunda corrida do Velo Città para ser o sexto, terminou a sexta-feira na segunda posição - uma ótima notícia para quem imaginava que não pudesse nem correr na capital de Goiás.

"Não sabia nem se correria neste fim de semana, pois machuquei minhas costas fazendo academia e ainda estou com bastante dor. Tomei uns sedativos para poder competir e está ajudando. O carro está ótimo, mudamos o acerto e o carro está evoluindo, então a ideia é subir, amanhã", afirma o paulista, que ficou a 0s177 do melhor tempo.

Em terceiro ficou Valdeno Brito, que liderou a equipe Prati Donaduzzi na sexta-feira com a marca de 1min24s344, somente 0s009 atrás de Lapenna. "Foi um dia positivo, mas ainda dá para melhorar. Nossa referência é o Zonta, então precisamos melhorar na casa de um décimo", resume o paraibano, que foi seguido de perto por Max Wilson, o quarto mais veloz do dia, à frente do bicampeão Daniel Serra, atual vice-líder do campeonato, com Diego Nunes fechando a lista dos seis melhores do dia.

O dia, que começou chuvoso, mudou de cara rapidamente no fim da manhã, mas voltou a ficar carrancudo na segunda metade da sessão final, com direito a uma chuva leve que deu uma embolada nos tempos: Bia Figueiredo, Ricardo Maurício, Marcel Coletta - melhor estreante do dia - e Lucas Foresti completaram a lista dos dez, à frente de gente como o pentacampeão Cacá Bueno (13º) e Rubens Barrichello (16º), novo líder do campeonato após as desclassificações de Zonta..

"Não estou levando em consideração o tempo de hoje. Apesar de o resultado no papel não parecer bom, estou contente com meu carro", disse Cacá. "A liderança é por uma margem tão pequena que não faz diferença ser segundo ou terceiro. Mas sempre anima ver seu nome no alto da tabela. Quero sair daqui ainda mais estabelecido na ponta do campeonato", completou Barrichello.

Pole position nas duas corridas, Thiago Camilo foi o melhor quando não valia nada (no treino extra), mas terminou a sexta em penúltimo. "Não passei pneus e foquei hoje em acerto de corrida. Amanhã pensaremos na classificação, mas estou tranquilo quanto ao meu desempenho", analisa.

Já Átila Abreu voltou ao carro da Shell V-Power após ficar de fora das duas primeiras etapas com o 22º tempo: "Eu me senti muito bem no carro, sem dor, o que era uma preocupação. Fiquei um mês e meio sem fazer nenhum exercício físico tentando me recuperar. Fiquei confortável e não senti dor nenhuma. Quanto ao carro, podemos melhorar."

A Stock Car volta à pista neste sábado com o terceiro treino livre transmitido ao vivo pelas plataformas digitais da categoria a partir das 9h30; já a tomada de tempos será exibida também ao vivo pelo Globoesporte.com a partir das 13h30.

1. Ricardo Zonta (Shell V-Power), 1min24s158
2. Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports), 1min24s335
3. Valdeno Brito (Prati-Donaduzzi Racing), 1min24s344
4. Max Wilson (RCM Motorsport), 1min24s383
5. Daniel Serra (Eurofarma RC), 1min24s520
6. Diego Nunes (KTF Sports), 1min24s597
7. Bia Figueiredo (Ipiranga Racing), 1min24s664
8. Ricardo Mauricio (Eurofarma RC), 1min24s682
9. Marcel Coletta (Crown Racing), 1min24s691
10. Lucas Foresti (Vogel Motorsports), 1min24s693
11. Gabriel Casagrande (Crown Racing), 1min24s707
12. Allam Khodair (Blau Motorsport), 1min24s843
13. Cacá Bueno (Cimed Racing), 1min24s814
14. Cesar Ramos (Blau Motorsport), 1min24s843
15. Marcos Gomes (KTF Sports), 1min24s852
16. Rubens Barrichello (Full Time Sports), 1min24s957
17. Guga Lima (Vogel Motorsports), 1min24s992
18. Gaetano Di Mauro (Shell Helix Ultra), 1min25s012
19. Bruno Baptista (RCM Motorsport), 1min25s049
20. Pedro Cardoso (Hot Car Competições), 1min25s051
21. Felipe Fraga (Cimed Racing), 1min25s062
22. Atila Abreu (Shell V-Power), 1min25s192
23. Galid Osman (Shell Helix Ultra), 1min25s208
24. Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), 1min25s306
25. Denis Navarro (Cavaleiro Sports), 1min25s397
26. Rafael Suzuki (Hot Car Competições), 1min25s736
27. Raphael Reis (Carlos Alves Competições), 1min25s774
28. Thiago Camilo (Ipiranga Racing), 1min30s375
29. Nelsinho Piquet (Full Time Sports), 1min31s346