Últimas notícias

Thiago Camilo vai a Interlagos atrás do título

Piloto da Ipiranga Racing chega à decisão na liderança do campeonato

No próximo domingo, dia 13, Interlagos receberá a Grande Final da Stock Car, que promete ser dramática. Numa corrida com pontuação dobrada, onze pilotos têm chances matemáticas de levantar o título da principal categoria do automobilismo nacional. Puxando a fila de candidatos ao título está Thiago Camilo. O piloto do Toyota número 21 da Ipiranga Racing tem 238 pontos, e tem no seu vácuo os Chevrolet de Daniel Serra, com 237, e Ricardo Maurício, com 231. Camilo precisa chegar à frente dos rivais da equipe Eurofarma para garantir seu primeiro título na Stock Car. Cesar Ramos, que estreou esse ano na Ipiranga Racing, liderou o campeonato na metade da temporada e chega à Grande Final em sétimo, com 203 pontos, tem chances de título se chegar até a quarta posição, mas dependendo de uma intrincada combinação de insucessos dos adversários que estão à sua frente.

Desde que a Ipiranga Racing se juntou à equipe A. Mattheis, em 2017, Thiago Camilo chegou duas vezes à corrida final com chances reais de título, em 2017 e 2019. Nas duas ficou com o vice-campeonato. Daniel Serra é o atual tricampeão consecutivo da Stock Car. Mas essa é a primeira das três vezes que Camilo chega à decisão na liderança.

“Esse é um ano diferente, onde além de um campeonato apertado pela pandemia, que começou no fim de agosto, tivemos pouquíssimo tempo para testar os novos carros. A equipe Ipiranga fez um trabalho fantástico, saímos de um início difícil em Goiânia, fomos desenvolvendo o carro até nos tornarmos sem dúvida os mais rápidos com os Toyota, e conseguimos liderar o campeonato da metade da temporada para cá, incialmente com o Cesar e depois comigo. Vou enfrentar grandes adversários, como já aconteceu em outras oportunidades, e em várias delas cheguei na frente. Ano passado mesmo venci a última corrida da temporada aqui em Interlagos, mas a pontuação não foi suficiente para levar o título. Esse ano só dependo de mim e estou muito tranquilo, porque tenho a certeza de que eu e a equipe trabalhamos duro e demos o melhor de nós desde o primeiro minuto da temporada em busca do objetivo final. Chego à essa última corrida tranquilo, focado e determinado. Vamos pra cima!”

Cesar Ramos chega à decisão mais pensando em ajudar a equipe que em ser campeão. “Para mim correr em uma equipe de ponta como a Ipiranga Racing era um sonho, agora realizado. Cheguei aqui para fazer uma parte da temporada (substituindo Bia Figueiredo, que estava grávida), acabei ficando. Fiz minhas primeiras pole positions, liderei o campeonato, aprendi muito num curto período de tempo e chego à final com chances de ser campeão, mas meu objetivo principal é trabalhar para que o título fique na Ipiranga Racing. Se a vitória vier para mim, vou batalhar por ela”.

Campeonato (os onze pilotos com chances matemáticas de ganhar o título)

1º - Thiago Camilo - 238 pontos
2º - Daniel Serra - 237
3º - Ricardo Maurício - 231
4º - Ricardo Zonta - 226
5º - Gabriel Casagrande - 224
6º - Rubens Barrichello - 224
7º - Cesar Ramos - 203
8º - Allam Khodair - 195
9º - Guilherme Salas - 190
10º - Diego Nunes - 185
11º - Nelson Piquet Jr. – 1 80