Últimas notícias

Serra celebra Curitiba, pista onde já venceu 5x

Ricardo Maurício também tem ótimas memórias do circuito: foi lá onde estreou e conquistou primeiro pódio na Stock de uma só vez com um P3 em 2004.

Curitiba está de volta ao calendário da Stock Car e na próxima semana vai receber a sétima e oitava etapa da temporada 2020. Inaugurado em 1967, 12 anos antes da estreia da maior categoria do automobilismo nacional, o autódromo Internacional de Curitiba é o segundo que mais recebeu a Stock Car ao longo dos 41 anos de história, 55 vezes, ficando atrás, apenas, da famosa Interlagos.

A última disputa de pilotos e equipes na pista paranaense foi em 2018 e teve Daniel Serra no pódio em segundo lugar. “É uma pista que eu gosto muito, já venci lá algumas vezes, vamos ver como está agora depois desse período fechada, mas, estou feliz em retornar”.

Ricardo Maurício também tem boas lembranças. Na sua estreia na categoria, em 2004, conquistou seu primeiro pódio logo na primeira prova, disputada em Curitiba, um terceiro lugar. “Foi minha estreia e claro, tinha toda uma expectativa, por isso, esse pódio é especial pra mim. Estou feliz por estar de volta, não só o autódromo, mas, toda a cidade tem um charme e gosta muito de automobilismo”.

Ao todo serão duas etapas no mesmo fim de semana, classificatório e prova no sábado 07 de novembro e mesma sequência no domingo, dia 08.

Na equipe Eurofarma, tanto Ricardo Maurício quanto Daniel Serra só pensam em ascensão. O piloto do carro #90 é o terceiro colocado com 154 pontos e está encostado no vice-líder. Daniel Serra só precisa de 23 pontos para alcançar o seu companheiro de equipe, uma tarefa que pode ser cumprida num final de semana com rodada dupla, como esse.

A disputa nessa reta final começa a ficar apertada, e ninguém vai escapar dessa briga que vai ter carro na pista e calculadora na mão. Isso porque, cada equipe terá que descartar os três piores resultados antes do final do campeonato, e isso pode mudar muita coisa.