Últimas notícias

Rubinho escala 18 posições na Corrida do Milhão

"O copo está muito mais cheio do que vazio. Interlagos vai estar sempre no meu coração", diz piloto

O copo está muito mais cheio do que vazio. Interlagos vai estar sempre no meu coração

- Rubens Barrichello

Piloto mais votado na eleição do Fan Push para a Corrida do Milhão Solidário, Rubens Barrichello por pouco não subiu ao pódio na prova deste domingo (23), terceira etapa da temporada 2020 da Stock Car, disputada em Interlagos (SP). Nos metros finais, o piloto da Mobil ALE Full Time Sports acionou o botão extra de ultrapassagem, para tentar o terceiro lugar, mas foi atrapalhado por um retardatário e terminou na quarta posição.

Mesmo assim, Barrichello celebrou a grande evolução na corrida. No treino classificatório, realizado pela manhã, o piloto não conseguiu a temperatura ideal para os pneus e terminou em 22º no grid. Foram 18 posições conquistadas.

Com o resultado, o piloto ocupa agora a terceira posição na tabela do campeonato, com 71 pontos. Ricardo Zonta venceu a Corrida do Milhão e está na ponta, com 82. Este ano, a prova teve seu prêmio concedido na forma de doações direcionadas a entidades que combatem a pandemia do coronavírus.

“A pista estava molhada pela manhã e não consegui a melhor temperatura para os pneus. Com isso, acabei largando em 22º. Mas fiquei muito feliz com o rendimento do carro na corrida. O Corolla #111 voava”, contou Barrichello, que na etapa de sábado ficou na sétima colocação.

“Eu estava guardando o Fan Push para o final, mas infelizmente um retardatário acabou me atrapalhando na última volta e tirou o que poderia vir a ser um pódio. Mas o copo está muito mais cheio do que vazio. Interlagos vai estar sempre no meu coração. E aproveito para agradecer muito aos fãs por ter sido o mais votado no Fan Push. Isso sempre me ajuda muito”, completou o piloto, que tem uma vitória na temporada, na corrida 2 da primeira etapa em Goiânia.