Últimas notícias

RC: pista, pneu e abastecimento definem estratégia

Segundo o regulamento, todas as equipes são obrigadas a trocar ao menos um pneu durante o pit stop.

Que a Stock Car tem as melhores tecnologias em pneus para os seus bólidos, a equipe Eurofarma concorda. Mas, em algumas pistas, como Londrina, eles saem da condição de componente e passam a interferir diretamente nos resultados. “Não é uma questão do pneu em si, mas, sim, uma combinação de variáveis, como piso muito abrasivo, mais do que nos anos anteriores, alta temperatura e o carro mais pesado e com pressão aerodinâmica menor”, relata o bicampeão Ricardo Maurício.
 
Segundo o regulamento, todas as equipes são obrigadas a trocar ao menos um pneu durante o pit stop e à primeira vista, numa pista como a de Londrina bastaria trocar mais pneus, mas, essa não é uma decisão tão simples.
 
Com apenas duas pessoas exercendo a função, um para máquina e outro para o encaixe, o trabalho leva em média 4 segundos, ou seja, cada pneu adicional trocado pode significar um maior distanciamento da primeira fila e da zona de pontuação. “A decisão até pode ser essa e pensar na segunda corrida, mas, na posição em que a nós estamos, temos que pensar em duas ou até três estratégias diferentes baseadas na corrida e abastecimento”, explica Rosinei Campos, chefe da equipe Eurofarma. “Por hora, vamos fazer a avaliação do desgaste e os resultados de pista”.
 
Ricardo Maurício, que na primeira corrida larga em quinto lugar, carrega um lastro de sucesso de quinze quilos e avalia positivamente a posição no grid. “Não temos os carros mais rápidos e ainda tenho esse peso adicional por ser o quarto no campeonato, então, vejo o quinto lugar como positivo para manter bons resultados, quem sabe até nas duas corridas”, avalia o bicampeão.
 
Daniel Serra vai largar em sétimo lugar já com o pacote técnico 01 incorporado ao Chevrolet Cruze. As mudanças de aerodinâmica foram liberadas para uso em todos os carros da marca, considerando o distanciamento de pontos do adversário, o Toyota Corolla. “Na volta de classificação em que eu estava um pouco melhor acabei pegando um carro que havia escapado e tive que abortar, então, foi meio conturbado”, explica.
 
A primeira corrida está marcada para esse domingo, 13 de setembro, a partir das 12h ao vivo pela Sportv. A segunda prova começa às 13h10 e a previsão é de temperatura alta, acima dos 35 graus segundo os sites especializados. Com planilhas nas telas, pilotos e equipe se preparam, agora, para o que pode acontecer amanhã. “Vamos pra largada e ver quem consegue salvar mais pneus”, sintetiza Serra. A pole position é de Thiago Camilo.