Últimas notícias

Piquet: feliz por correr perto de casa

Piloto da equipe Texaco Full Time Sports tem boas recordações da capital goiana, onde inclusive venceu sua primeira corrida de kart

Com o autódromo de Brasília desativado, correr em Goiânia é quase como correr em casa para os pilotos brasilienses. Por isso, Nelsinho Piquet está animado para voltar à cidade e à pista onde também tem boas recordações.

Foi na capital goiana que o piloto da equipe Texaco Full Time Sports venceu sua primeira corrida no kart em 1994. Além disso, como convidado da Corrida de Duplas da Stock Car em 2015, fez a pole position junto com Átila Abreu com um feito de destaque: na ocasião foi mais rápido que todos os pilotos titulares no treino de classificação no traçado.

Já como titular na categoria, no ano passado, o piloto conquistou em Goiânia sua melhor posição de largada, passando pela primeira vez para o Q3 e foi ao pódio com um segundo lugar.

Depois de enfrentar problemas na segunda etapa da temporada, há duas semanas em Mogi Guaçu (SP), o piloto quer voltar a marcar bons pontos, como aconteceu na primeira prova do ano, no Velopark (RS), quando ele largou em quarto lugar e terminou a corrida em sétimo.

Os treinos em Goiânia terão início nesta sexta-feira (dia 17), com uma sessão extra e duas livres. No sábado (18), o classificatório será realizado às 13h30 (ao vivo no Globoesporte.com). Domingo, as provas terão suas largadas às 13h00 e às 14h05 (ambas com 40 minutos e mais uma volta), com transmissão ao vivo do SporTV.

“Gosto de correr em Goiânia, cidade onde venci minha primeira corrida de kart, onde fui pole position na Stock Car e também fui ao pódio no ano passado. Estou perto de Brasília, então consigo passar uns dias com meu pai, e vou pra corrida de carro. Meu pai também tem bastante história no circuito goiano. Depois de Brasília, foi um dos que ele mais correu no Brasil, então é uma etapa com muitas lembranças”, ressaltou o piloto do Stock Car #33 da Texaco Full Time.

“Sobre a corrida da Stock Car em si, acredito que a pista pode favorecer o nosso acerto, mas teremos de trabalhar muito. Infelizmente, no Velo Cittá, tivemos algumas dificuldades e também fui punido com a perda de 15 posições no grid em Goiânia, após a batida que me envolvi. Acabei pegando a parte suja da pista e não consegui evitar o toque. Por isso, acredito que será uma etapa difícil, mas vamos trabalhar ao máximo para voltar aos pontos e nos recuperarmos na temporada”, completou Piquet.

Na etapa deste fim de semana, o Stock Car #33 passa a ter mais um apoio com a chegada do laboratório farmacêutico Natulab, que vai estampar a marca Floratil ao lado dos demais patrocinadores e apoios de Piquet na categoria: Texaco, Autotrac, Norton e PDX.