Últimas notícias

Hot Car pontua em Londrina e cumpre missão

Rafael Suzuki e Pedro Cardoso pontuaram na primeira prova e faziam boa corrida na segunda disputa, quando ambos foram forçados a abandonar

A equipe Hot Car Competições marcou mais seis pontos na rodada dupla que marcou o quarto encontro da temporada 2019 da Stock Car, neste domingo (9) em Londrina (PR). Nas vitórias de Thiago Camilo e Ricardo Maurício diante de um autódromo lotado, os pilotos Rafael Suzuki e Pedro Cardoso deixam o norte paranaense com sentimentos distintos, mas uma conclusão em comum – de que o carro evoluiu em relação às etapas anteriores e que daqui em diante será possível lutar por melhores resultados.

Ambos os competidores dos carros #8 e #143, largando respectivamente de 21º e 27º, adotaram estratégias que priorizavam o resultado da segunda corrida ao aproveitar a primeira para abastecer com mais combustível e colocar pneus em melhores condições. Rafael ganhou quatro posições para concluir a primeira disputa em 17º, conquistando quatro pontos; Pedro ganhou oito postos, finalizou em 19º e somou dois pontos – pontuando pela segunda vez em seu ano de estreia na Stock Car.

Na segunda prova, acontecimentos distintos levaram ao mesmo fim para a dupla: Suzuki foi acertado por outro competidor, o que destruiu a parte traseira de seu carro, enquanto Cardoso se preparava para o pit stop e teve de abandonar devido a uma quebra na ponta de eixo do lado traseiro direito de seu carro.

“A gente se preparou mais para a segunda corrida visando o top-10. A largada foi bem confusa lá atrás, perdi algumas posições, mas vinha recuperando, até que o Cacá (Bueno) teve um problema na saída da curva 1, o carro dele apagou, o Lapenna não conseguiu parar, bateu nele, eu também bati e alguém encheu a minha traseira e destruiu o carro. Um negócio totalmente imprevisível”, narrou Suzuki, que pela segunda vez no ano foi um dos mais votados pelo público na internet e ganhou o Fan Push, que dá direito a um acionamento extra do botão de ultrapassagem.

“Sabíamos que tínhamos um carro bem balanceado para as corridas. A estratégia na corrida 1 foi perfeita, porque conseguimos ir adiante sem gastar muito pneu ou combustível; largamos na segunda e o carro vinha só melhorando. Estava disputando ali com a Bia (Figueiredo) e com o Rubinho (Barrichello), brigando bastante, andando perto, e de repente a roda saiu voando”, lembrou Cardoso, o segundo piloto mais jovem do grid, com 20 anos.

Ambos, no entanto, enxergaram o lado positivo da situação. “A evolução veio. Na corrida o carro estava equilibrado, o ritmo era bom, mas foi uma pena que não conseguimos transformar isso em bons pontos aproveitando do bom carro que tínhamos. Acho que estaremos em melhor forma nas próximas provas”, explica Suzuki, que agora soma 23 pontos na tabela do campeonato.

Pedro, que fez corrida consistente e livre de erros, apostava em uma excelente posição de chegada na segunda prova, uma vez que, antes do pit stop, disputava posição com Bia Figueiredo e Rubens Barrichello – os dois finalizaram a corrida em quarto e oitavo, respectivamente, em estratégias muito parecidas com a do estreante. “Eu tinha certeza de que chegaríamos ali pelo menos entre os dez primeiros. Corridas são assim, mas agora a gente sabe que tem um bom material em mãos para as próximas”, falou o brasiliense, que soma cinco pontos.

Chefe da Hot Car Competições, Amadeu Rodrigues compartilha do pensamento de seus pilotos. “Felizmente achamos um caminho. Os carros estavam muito bons e tanto o Rafael como o Pedro fizeram uma ótima primeira corrida, a julgar que a nossa estratégia, largando de trás, era colocar mais combustível e tentar mais pontos na segunda prova. Na hora de colher os frutos do nosso trabalho, o Rafael foi acertado por outro carro e o Pedro sofreu uma quebra na ponta de eixo. De qualquer forma, uma coisa estamos levando daqui: voltamos a ter um carro muito bom de corrida, que estava bom também na classificação, e estamos de novo como estivemos antes, com dois carros excelentes. Isso nos deixa mais confiantes para as próximas etapas”, concluiu.

A próxima etapa da Stock Car acontece em Santa Cruz do Sul (RS), no dia 21 de julho.