Últimas notícias

Gabriel Casagrande segue na briga pelo título

Diferença para o líder do campeonato caiu para 31 pontos e 60 estarão em jogo na etapa final

A primeira das três corridas programadas para o final de semana da Stock Car em Goiânia rendeu o objetivo esperado para a equipe RMattheis e o piloto Gabriel Casagrande. Largando na terceira colocação, o paranaense esperava lutar por mais uma vitória na prova deste sábado, mas, mesmo terminando na quinta colocação, a expectativa de seguir brigando pelo título foi cumprida.

Com o top-5 conquistado no Autódromo Ayrton Senna, na capital goiana, Casagrande agora está a 31 pontos do líder, na pontuação que já considera os descartes obrigatórios que serão aplicados após o domingo. Como a etapa final de São Paulo será em prova única e pontuação dobrada (e não pode ser descartada), estará na briga pelo título quem estiver a 60 pontos do primeiro colocado.

“Foi uma corrida legal para o campeonato, eu achava que eu poderia brigar pela vitória, mas a primeira volta não foi boa e acabei caindo um pouco atrás e não consegui subir porque estava tudo muito próximo, muito parecido. Ainda estou na briga pelo campeonato, vamos buscar fazer mais 2 boas corridas amanhã, mesmo saindo com uma distância meio grande, mas ainda com chances matemáticas, que era nossa meta no início do ano”, diz Casagrande.

Rodolpho Mattheis destacou que a prova de hoje foi definida no consumo de combustível. “Nosso ritmo não era para vencer, mas tínhamos ritmo para estar no pódio. Perdemos dois pontos, mas mesmo assim pulamos para quinto no campeonato e reduzimos a diferença para o líder para 31 pontos e 15 pontos para o segundo colocado. Então tudo pode acontecer. Amanhã após a rodada dupla o campeonato já deve estar melhor desenhado e nosso objetivo é avançar”, diz Mattheis.

A equipe também destacou a boa performance de Pedro Cardoso – o mais jovem piloto do grid da Stock Car foi o 17o colocado hoje em Goiânia.

“O dia começou bem com o avanço para o Q2 na classificação, depois disso tivemos um problema de vela e isso influenciou na classificação. Largamos bem na corrida, mas teve o incidente na segunda volta bem na minha frente, eu tive que aliviar para não me envolver e isso acabou comprometendo”, avaliou o piloto mais jovem do grid com 21 anos. “Conseguimos impor algum ritmo, chegamos na batalha e depois a corrida ficou muito espaçada. O mais importante é poder acumular quilometragem, foi um dia positivo, vamos ajustar melhor para que amanhã seja mais um dia bom e a gente consiga pontuar nas duas corridas”, completou.

O chefe da equipe RMattheis destacou a prova de Cardoso. “O Pedro fez o terceiro Q2 do ano, o que comprova sua evolução e do time. Tínhamos ritmo para terminar entre os oito melhores na corrida. Estou feliz com a evolução do Pedro que é um piloto jovem e está mostrando todo seu potencial mesmo com pouca quilometragem na categoria”, diz Rodolpho.

A penúltima etapa do campeonato será disputada amanhã, em Goiânia, em formato de rodada dupla, com transmissão do Sportv a partir das 11h.