Últimas notícias

Cesar Ramos assume a liderança da Stock Car

Thiago Camilo pula de quinto para terceiro e equipe A.Mattheis se mantém na ponta entre as equipes

Claro que eu quero vencer, a vitória é o primeiro objetivo do piloto, mas chegar à metade da temporada liderando é um sonho.

- Cesar Ramos

O fim de semana de três corridas da Stock Car em Cascavel, começou muito mal e acabou bem demais para Cesar Ramos. 22º e 16º nos treinos livres de sábado, que abriram a maratona de três corridas em dois dias, Cesar Ramos conseguiu um quinto lugar no sábado, na corrida única vencida pelo companheiro de equipe Thiago Camilo, e com um quarto e um oitavo lugares nas corridas de hoje (domingo), vencidas por Bruno Baptista e Daniel Serra, assumiu a liderança da temporada 2020, com 146 pontos.

Depois de seis etapas e noves corridas, com o campeonato encerrando sua primeira metade, Cesar Ramos é o único entre os seis primeiros que não venceu corrida, e hoje assumiu a liderança do campeonato sem subir ao pódio, mostrando a importância de ser constante na Stock Car. “Claro que eu quero vencer, a vitória é o primeiro objetivo do piloto, mas chegar à metade da temporada liderando é um sonho que eu nem tinha quando vim para a Ipiranga Racing. Particularmente nesse fim de semana, comecei muito mal nos treinos livres, a equipe reagiu rapidamente e o carro acendeu na classificação de sábado, quando cometi um erro no Q2 e larguei em 12º, mas consegui chegar em quinto na corrida. Nesse domingo, talvez em função do lastro, não tive carro para brigar por pole e vitória, mas era um carro rápido e confiável, realmente tenho que agradecer à toda equipe”.

Thiago Camilo chegou a Cascavel em sexto lugar no campeonato, a 30 pontos do líder, Rubens Barrichello, e sai do Paraná em terceiro, 16 pontos atrás de Cesinha. “Como um todo foi um fim de semana muito bom, que mostrou a força da equipe. Hoje faltou um pouco de sorte na classificação, quando, na minha volta rápida, tinha feito o primeiro trecho mais veloz do dia e houve um acidente e bandeira vermelha. Larguei em quinto, quando poderia ter sido bem melhor. (Camilo fez a pole position no sábado). Na primeira corrida poderia ter forçado um pouco mais, mas pensamos na soma de pontos. Cheguei em quinto e tive um problema na largada da segunda corrida, quando fiquei preso atrás de alguns adversários e perdi muitas posições. Recuperei bem até o pit stop, mas na volta para a pista o carro caiu muito de rendimento, creio que por termos trocado o pneu dianteiro direito, ao invés de trocar o traseiro como na primeira. O mais importante é que a equipe está se mostrando forte e constante, e passo a passo estou me aproximando do objetivo final, que é o título”.