Últimas notícias

Barrichello abre temporada com vitória e liderança

“Que prazer ‘sofrer’ com todo este calor, com a demanda física; que coisa gostosa poder voltar a guiar", comenta

A temporada 2020 da Stock Car começou do jeito que o piloto Rubens Barrichello, da equipe Full Time Sports, mais gosta: no alto do pódio e com “sambadinha”. Neste domingo (26), na disputa da 1ª etapa do campeonato, em Goiânia (GO), Barrichello chegou a sua quinta vitória no circuito, das 14 que tem agora na principal categoria do automobilismo brasileiro.

Na corrida 1, largando da sétima posição, o piloto que passa a representar a Toyota Gazoo Racing em 2020, chegou a estar em quinto com o Corolla #111, mas na parada obrigatória nos boxes para troca de pneus optou por reabastecer e apostar suas fichas na corrida 2.

A estratégia deu certo. Com o sétimo lugar na prova 1, Barrichello largou em quarto na corrida seguinte e, logo de cara, mostrou porque é considerado o “rei de Goiânia” da Stock Car. Em duas voltas, o piloto já aparecia na liderança, com belas ultrapassagens.

Sem precisar reabastecer na parada do pit, Barrichello fez apenas sua troca obrigatória de pneu e voltou na frente, para vencer pela quinta vez no autódromo goiano. Em 14 vitórias na Stock Car, cinco foram nesta pista (2014, 2016, 2018, 2019 e 2020), sendo duas Corrida do Milhão.

Com os resultados, o piloto está na liderança do campeonato, com 38 pontos. “Que prazer ‘sofrer’ com todo este calor, com a demanda física; que coisa gostosa poder voltar a guiar. Obrigado à Stock Car, à Goiânia, por ter feito tudo desta forma tão organizada para que pudéssemos estar aqui”, declarou o campeão da temporada 2014.

“Ganhar em Goiânia tem um valor enorme, é indescritível. Foi um fim de semana de muita alegria, estar de volta, apesar de não ter o público. Estou feliz em começar a temporada deste jeito. Mostra que poderemos ser competitivos e era importante começar assim. Parabéns à Toyota por todo trabalho que fizeram até aqui e a toda equipe pelo grande trabalho no fim de semana", destacou Barrichello.

"Na corrida 1, eu não tinha chances reais de vitória. Então, decidimos economizar combustível. E, parando na última volta da janela de pit, eu também teria um pneu um pouco mais novo para a segunda corrida. Então, a gente acabou parando e abastecendo na corrida 1”, explicou.

“Mas com a entrada do Safety Car, acabou que todo mundo ficou mais ou menos na mesma regra na segunda prova. O nosso pensamento foi para ganhar a segunda corrida. O carro se mostrou mais competitivo e consegui fazer até a melhor volta. Estou muito feliz com essa vitória e também gostaria de agradecer a todos que votaram no Fan Push e me deram mais essa ajuda tão importante”, completou o piloto de 48 anos, que faz sua oitava temporada completa na Stock Car, todas no time dirigido por Maurício Ferreira.

A próxima etapa da categoria está prevista para o dia 23 de agosto, com a disputa da Corrida do Milhão, em Interlagos (SP).