Últimas notícias

Átila Abreu coloca Shell no top-10 em Goiânia

Piloto do carro #51 também venceu a campanha do Fan Push

Neste domingo (25) foi disputada a primeira etapa da Stock Car, em Goiânia. Átila Abreu foi o responsável por conduzir o carro da estreante equipe Shell V-Power ao top10 da corrida 2, após bela disputa com seu companheiro de equipe Galid Osman até a linha de chegada.

O piloto do carro #51 também foi um dos vencedores do Fan Push, campanha onde o público escolhe seu piloto favorito para receber um botão de ultrapassagem extra na prova.

Galid Osman teve um problema no pit stop da corrida 1 acabou fechando a prova em 19º lugar. Na segunda prova conseguiu uma excelente recuperação e mesmo com problemas no volante que o impediam de acionar o botão de ultrapassagem nas últimas voltas terminou em 11º.

Ricardo Zonta que havia sido o melhor Shell no treino classificatório com o quinto lugar do grid ficou sem botões de ultrapassagem e sofreu com problemas de comunicação com a equipe devido a um problema no volante. O vice-campeão da temporada 2020 teve como melhor resultado o 15º lugar na corrida 2.

A próxima etapa da Stock Car acontece no dia 16 de maio em Interlagos.

Na primeira corrida do dia Ricardo Zonta manteve a quinta colocação e não se envolveu nos incidentes de largada. Átila Abreu ganhou uma posição e subiu para o 18º lugar enquanto Galid subia quatro posições, e assumindo o 23º posto.

Na segunda volta Zonta se defendeu das investidas de Cesar Ramos e se manteve no top 5. Átila seguia sua escalada e já ocupava o 15º lugar.

Zonta que vinha com problemas no volante e não conseguia acionar os botões de ultrapassagem foi superado por Ramos e Gaetano Di Mauro no terceiro giro de prova, caindo para sétimo, Galid ganhou mais três posições ocupava a vigésima posição.

Na volta seguinte o piloto do carro #10 ainda foi ultrapassado por Bruno Baptista, pouco tempo depois o safety car foi acionado devido a escapada de pista de Tony Kanaam.

Após a relargada os pilotos iniciaram a rodada de parada nos boxes, Galid Osman foi o primeiro Shell a entrar no pit, na volta 8. O piloto do carro #28 teve um pequeno problema, ao subir o carro para a troca de pneus e perdeu alguns segundos.

Átila Abreu parou na volta seguinte e Zonta teve problemas com a troca do pneu traseiro, perdendo diversas posições.

Após a rodada de pit stops o carro #51 era o melhor Shell da corrida, no 11º posto, Zonta era 18º e Galid Osman vigésimo segundo.

Com 17 voltas completadas Átila Abreu cruzou a linha de chegada em décimo primeiro lugar, Galid foi 19º e Zonta que ficou sem comunicação com a equipe durante a prova foi o 32º devido a punição por realizar o pit stop fora da janela obrigatória.

Largando das posições que terminaram na corrida 1, os pilotos da Shell tentaram não se envolver em acidentes na segunda prova do dia. Logo na primeira volta houve a intervenção do safety car. Átila Abreu ocupa o 13º lugar, Galid vinha logo na sequência e Zonta subiu para o 19º lugar.

Depois da relargada os três pilotos mantiveram suas posições e novamente escaparam dos acidentes.

Na sexta volta Galid Osman superou Átila Abreu e assumiu a décima segunda colocação. Zonta também avançou e ocupava o 17º lugar.

Na penúltima volta Galid Osman entrou para o top 10 da corrida mas foi superado por Átila Abreu na linha de chegada, o piloto do carro #51 colocou a equipe Shell V-Power no top10 na etapa de estreia da equipe. Ricardo Zonta foi o décimo quinto.

O que eles disseram:

Eu acho que foi um dia positivo, fico feliz porque o carro hoje mostrou uma performance bem melhor do que ontem na tomada de tempo. O regulamento novo faz com que o treino classificatório seja fundamental pra ter uma chance. Mesmo assim largando em 19º tínhamos plenas condições de chegar entre os dez,mas situações em que outros carros deveriam ser punidos nos impediram. Fui fechado no box pelo Casagrande e eu tive que frear, eu sairia da janela de pits entre os dez e beneficiaria do grid do invertido na corrida 2. Mas enfim, não dá pra voltar atrás, tudo isso vai ser analisado depois da prova. Agora temos que nos classificar melhor pra ficar fora dessas situações, mas para um primeiro contato com a equipe, toda nova estrutura acho que fomos bem. Temos muito ainda para melhorar mas fomos bem, pontuamos nas duas corridas e saímos daqui entre os 10 primeiros do campeonato.Também gostaria de agradecer a todos que votaram no Fan Push e ajudaram nessa jornada, saio daqui muito feliz.”

Átila Abreu

“Acho que foi um bom resultado no nosso primeiro dia. O carro era rápido e meu ritmo era bom. Infelizmente na primeira corrida tivemos um probleminha nos boxes que custou alguns segundos preciosos. Consegui vir pra cima na segunda corrida e cheguei a ficar em 10º, mas meu volante apagou e acabei ficando sem push, o que causou a perda da 10ª posição. Tenho que parabenizar a todos da equipe pelo excelente trabalho nessa empreitada.”

Galid Osman

“Larguei bem e consegui me manter ali nas posições de cima, inclusive acho que ganhei uma posição. Na hora de apertar o botão do push, ele entrou dentro do volante e não consegui mais usar o push pelo resto das corridas. Por isso fui caindo no pelotão. O botão de ultrapassagem te da praticamente sete décimos em uma volta, o que te faz passar dois ou três carros. Fiquei de passageiro por isso. Depois tive problema no rádio também, paramos fora da janela. Foi uma pena o resultado, o carro estava bom, porém sem push. Agora é pensar na próxima corrida para melhorarmos.”

Ricardo Zonta