Você sabe como é um Stock Car?

Conheça a estrutura dos carros da principal categoria do automobilismo brasileiro

Um carro do Circuito Schin Stock Car possui cerca de 15 mil peças, desde as mais minúsculas até as mais complexas, passando por arruelas, parafusos, motor, câmbio e partes eletrônicas. Aproximadamente quatro mil dessas peças são fabricadas pela JL, empresa do ex-piloto e campeão de 1987 da Stock Car, Zeca Giaffone. 
 
Suspensão: Independente nas quatro rodas, triângulos superiores e inferiores construídos em tubo de aço. Barras estabilizadoras dianteiras e traseiras reguláveis de dentro do carro.

Direção: do tipo pinhão e cremalheira com acionamento hidráulico através de bomba elétrica.

Rodas: OZ Racing, italianas 10,5 x 18 polegadas.

Pneus: Pirelli. Pzero 305/660 Aro 18 – Composto DH.

Freios: discos ventilados Fremax, pinças inglesas da AP Racing, especiais de competição, com seis pistões na dianteira e quatro na traseira.

Pastilhas de Freio: ECOPADS - isentas de amianto e formulação em misturadores automáticos.

Motor: 8 cilindros em V, com 550 HP de potência, 6.000 rpm e 5.700 cc (5,7 litros), cabeçote de alumínio, alimentação de combustível por uma injeção eletrônica Bosch, cárter seco.

Câmbio: eletrônico XTrac. Acionamento sequencial de 6 marchas para frente e uma à ré da Magnetti Marelli.

Diferencial: XTrac.

Combustível: Etanol V-Power, produzido pela Raizen.

Tanque de combustível: composto por container de borracha preenchido com espuma de baixa densidade e container de alumínio provido de válvulas de segurança, inclusive para o caso de capotagens. Capacidade: 100 litros.

Chassis: tubular, com tubos de molibdênio, chapas de alumínio e revestimento antichama.

Carroceria: construída em fibra de vidro reforçada, representa os modelos Chevrolet Sonic e Peugeot 408. Os faróis dianteiros são apenas pinturas na carroceria, mas as lanternas traseiras são plenamente funcionais.

Peso mínimo: 1.325 kg com o piloto a bordo vestindo macacão, luvas, sapatilhas, capacete e com fluidos (óleo, água, combustível etc) remanescentes.  A pesagem é realizada no final das provas.
 
Vidros dianteiros: desenvolvido pela Fenavid, com uma lâmina de policarbonato entre duas lâminas de vidro com resistência elétrica para evitar o embaçamento.

Banco do piloto: desenvolvido pela Fiber Works, com homologação FIA na categoria “Advanced Racing Seat” – Banco de Corrida avançado.

Conheça os carros
 da temporada 2014 do Circuito Schin Stock Car.