Vencedores do Milhão: Ricardo Maurício, 2010

Estratégia de combustível definiu disputa entre os primeiros, e por muito pouco Ricardinho não vê a bandeira quadriculada

A segunda edição da Corrida do Milhão da Stock Car aconteceu em 2010. A prova, pela primeira vez disputada no autódromo de Interlagos, em São Paulo, foi recheada de emoção e disputas. E o vencedor da vez foi Ricardo Maurício, então defendendo a Eurofarma-RC.

Largando da terceira posição, Ricardinho tratou de superar Cacá Bueno já na segunda volta e partir para cima do líder Marcos Gomes, então competindo pela Full Time. Em prova com a estratégia padrão de duas paradas de reabastecimento, a entrada do carro de segurança fez muita gente arriscar a não fazer uma segunda parada.

“Passei o Marcos Gomes nos boxes durante o primeiro abastecimento, e dali em diante foi mantê-lo atrás e torcer pela entrada do safety car para não ter de parar mais”, lembra Ricardinho. O piloto conseguiu manter uma vantagem confortável de cinco segundos para o rival, mas ele destaca o sofrimento na volta final.

“Eu já vinha economizando combustível, mas na última volta o carro deu a primeira falhada no Laranjinha. Por sorte, o Marquinhos também começou a ter o mesmo problema, porque estávamos em estratégias idênticas”, contou.

Ricardo Maurício recorda que não tinha certeza se cruzaria a linha de chegada em primeiro. “Quando começou a subida da reta, o carro falhou de novo. Eu balancei o carro para ele ‘pescar’ mais combustível e subi bem mais lento, e graças a Deus consegui ser o primeiro a cruzar a linha de chegada”, afirmou.

Depois da bandeirada, o carro de Ricardinho parou, completamente sem combustível, no final da reta oposta de Interlagos.

Agora competindo pela Full Time, Ricardo Maurício aguarda ansiosamente pela Corrida do Milhão em Goiânia. “Goiânia é uma pista bem bacana. Acredito que pelo menos 90% dos pilotos gosta de correr lá. Em 2015 eu estava liderando e tivemos uma quebra de motor faltando nove voltas para o final. Venci em 2010, e quem sabe esse ano a gente chega competitivo. É uma pista que vem sendo recapeada em alguns pontos, então vai ser interessante a Corrida do Milhão em Goiânia”, concluiu.

Na ocasião da vitória em 2010, Ricardinho e a equipe dividiram o prêmio. Sua parte foi investida em aplicações. E três dias depois, o piloto receberia outro prêmio bem maior: o nascimento de sua primeira filha, Maria Clara, no dia 8 de setembro de 2010.