Valdeno voa em casa e continua subindo

Terceiro na Corrida do Milhão, segundo em Londrina, onde vive há dez anos. Agora, o paraibano-londrinense é o terceiro no campeonato

Missão cumprida. Assim que Valdeno Brito classificou sua participação na oitava etapa da Stock Car realizada em Londrina, terra onde reside. No total, o paraibano da equipe TMG somou um segundo lugar na primeira prova e passou para a terceira posição no campeonato, atrás apenas de Felipe Fraga e Rubens Barrichello, que triunfaram, respectivamente, nas duas provas que compuseram a rodada dupla.

Largando de quarto, Valdeno conseguiu subir para terceiro e travou uma longa disputa com Max Wilson, Cacá Bueno e Ricardo Maurício, herdando a segunda posição após um furo no pneu de Max na penúltima volta. Já na segunda prova, Valdeno acabou realizando um reabastecimento por conta de um pequeno erro nas contas, o que prejudicou a corrida, mas não danificou o resultado geral.

Agora, Valdeno está com 147 pontos, a dez de Barrichello, o vice-líder. Já Fraga está um pouco mais distante, com 196; porém, com mais três rodadas duplas e a corrida final valendo o dobro de pontos, o campeonato está bem, bem aberto. "Foi um bom fim de semana. Subimos uma posição no campeonato atingimos objetivos. A gente poderia marcar mais pontos na segunda, mas muitos pilotos não pararam ao contrário da gente e cometemos um errinho de cálculo. Mas isso acontece e vamos nos preparar para manter a boa consistência nessa reta final", analisa Valdeno.

A expectativa de Valdeno só aumenta com a proximidade da próxima rodada dupla, que acontece em 20dias num circuito onde ele manda muito bem: Curitiba. "É uma pista onde tenho duas vitórias e já fiz pole position. Estamos numa crescente e vamos trabalhar para continuar assim, com consciência para somar o máximo de pontos possível", completa.