Valdeno contente com ‘nova equipe’

Paraibano se juntou à TMG Racing e comemorou o segundo lugar conquistado no Velopark

Valdeno Brito julgou a segunda etapa da temporada 2016 da Stock Car como a primeira “realmente para valer”. O paraibano não deixa de ter razão: após a disputa da Corrida de Duplas em Curitiba, em que só os seis primeiros colocados levavam pontos, a primeira rodada dupla do ano no Velopark foi encarada mesmo como o real início do campeonato.

E Brito foi bem. O segundo lugar na prova complementar, em sua opinião, mostrou o potencial da equipe TMG Racing. O time entrou em 2016 completamente reestruturado: o engenheiro Thiago Meneghel assumiu as cotas restantes de participação da equipe, até ano passado chamada de AMG Motorsport. Só a sede e alguns profissionais foram mantidos. A dupla de pilotos mudou (com Valdeno Brito e Guga Lima), e também os patrocinadores.

Valdeno alimentou chances reais de vitória na segunda prova, mas ela ficou mesmo com Diego Nunes, que voltou a vencer na Stock Car após seis anos. Para o paraibano, no entanto, o segundo lugar foi excelente.

“Guardei um pouquinho de gás ali para as duas últimas voltas”, disse. “Até pensei em colocar do lado ali no final da reta oposta na última volta, porque eu estava freando melhor que o Diego lá, mas aí pensei melhor porque talvez não valesse a pena se arriscar tanto por causa de apenas um ponto”, ponderou.

“Ainda estamos no início do campeonato e preferi garantir o segundo lugar. Mas foi muito bom. Primeira etapa para valer na temporada da Stock Car com uma equipe reestruturada, praticamente nova, do Thiago Meneghel. E fechar já no pódio é muito bom”, concluiu.

O trabalho da equipe sediada em Americana (SP) continua forte visando a etapa de Goiânia, daqui a praticamente uma semana.