Valdeno Brito sustenta terceiro lugar no campeonato após etapa difícil no Paraná

Com um carro que o impossibilitou de lutar diretamente pela vitória, piloto paraibano salva um "top 5" na primeira corrida mas é atingido e tem bateria complementar prejudicada

O fim de semana de retorno da Stock Car a Curitiba após um fechamento que felizmente não aconteceu não foi dos mais felizes para Valdeno Brito. Com problemas de equilíbrio no carro desde os treinos livres, o paraibano fez das tripas coração para conseguir salvar uma quinta posição na prova que abriu a rodada dupla.

Com a estratégia da equipe voltada para a prova inicial, Valdeno já teria a bateria complementar complicada por conta do pit stop necessário para completar a prova, mas a situação ficou pior quando ele foi acertado por trás e tirado da pista pelo ex-companheiro Ricardo Zonta na terceira curva da volta inicial. Depois, um escapamento que sobrou na pista durante uma disputa alheia acertou em cheio o radiador do #77, provocando o abandono definitivo do piloto.

Porém, o fato de ter mantido o terceiro lugar na tabela e as chances vivas no campeonato salvaram a etapa para o "Expresso da Paraíba". Ele mesmo descreve como foi a performance durante o fim de semana:

"O fim de semana foi positivo levando em conta o carro que tivemos na mão. Não tínhamos equipamento para brigar pela vitória e esses 19 pontos foram de bom tamanho. Na segunda corrida fui tirado da pista pelo Ricardo Zonta na curva 3 da primeira volta, quando ele me fez rodar. Depois acabei pegando um pedaço de escapamento na pista durante uma manobra de ultrapassagem e meu radiador estourou. No entanto, pela estratégia que adotamos, somaríamos no máximo quatro pontos. Pelo menos sustentamos a terceira posição na tabela e vamos trabalhar para melhorar em Goiânia.", resume.

Após a nona etapa, Valdeno Brito está com 167 pontos na tabela, contra 227 do líder Felipe Fraga e 183 do vice Rubens Barrichello. A rodada goiana, antepenúltima da temporada 2016, acontece no dia 6 de novembro.