Últimas notícias

Valdeno Brito detalha uma volta no Velopark

Piloto da Eisenbahn Racing Team detalha cada uma das curvas do circuito, segundo ele "um dos mais travados".

O fim de semana marca a volta da Stock Car ao Velopark para a terceira etapa da temporada 2018. O circuito de 2.278 metros é um dos mais travados e exigentes do calendário com suas zebras altas e voltas na casa dos 55 segundos.

Piloto do Eisenbahn Racing Team, Valdeno Brito topou contar, curva por curva, como é uma volta rápida no circuito que fica em Nova Santa Rita (RS).


"Abrimos a volta no Velopark em quinta marcha. Logo de cara temos uma chicane rápida que fazemos em quarta marcha. Ali as zebras são altas, então todo cuidado é pouco. É muito fácil rodar e bater ali.

Em seguida vem a curva 2, de baixa, onde reduzimos para a segunda e vamos para a curva 3, onde não é preciso frear, só levantar o pé.

A sequência conta com mais um "S" que antecede a reta oposta. No meio desse "S" a gente antecipa a quarta marcha para ganhar a reta inteira, que não é tão longa assim.

Aí vem uma freada fortíssima, em segunda marcha, uma chicane que leva para a curva Zero. No meio da chicane nós antecipamos a terceira marcha e temos que tomar cuidado para não extrapolar os limites da pista, o que pode render uma punição.

Por fim, temos a curva Zero, um hairpin muito importante que leva para o complemento da volta, feito em terceira marcha. Um erro ali e não só sua volta atual, como a seguinte estarão comprometidas. E assim fechamos uma volta no Velopark, um dos circuitos mais travados do calendário."


Assessoria de Imprensa do piloto Valdeno Brito
Nome: Bruno Vicaria
E-mail: press@brunovicaria.com
Contato: 11 981963069