Touro milionário? Resposta, só daqui dois dias

Na volta de Cacá Bueno a categoria, após ficar suspenso em Curitiba, pentacampeão fica em 25º e Serrinha é o quarto na primeira atividade em Goiânia, para a Corrida do Milhão

Começou a caça ao tesouro do Circuito Schin Stock Car. Neste fim de semana, os pilotos da principal categoria do automobilismo brasileiro buscam em Goiânia (GO) não só os 24 pontos pela vitória da sétima etapa do campeonato, como também o prêmio de R$ 1 milhão. Tanto Cacá Bueno, quanto Daniel Serra já chegaram perto da bolada, mas ainda não fizeram o depósito do checão em suas contas.

O pentacampeão chegou perto em duas oportunidades. Na primeira edição da prova, em 2008, no extinto autódromo de Jacarepaguá, Cacá liderava com relativa vantagem, quando teve um problema na bomba de combustível, abrindo caminho para a conquista de Valdeno Brito.

Quatro anos mais tarde, em Interlagos, Cacá estava em primeiro, até os metros finais, quando acabou o combustível, fazendo com que o carro #0 fosse superado por Thiago Camilo e Ricardo Maurício. Mesmo assim, o carioca recebeu a bandeira quadriculada em terceiro, suficiente para que conquistasse o seu quinto título na Stock Car para afirmar: "Dinheiro é só papel. Título é histórico!"

Em 2011, foi a vez de Serrinha bater na trave. O paulista da Red Bull Racing travou árdua disputa com Camilo, que vencia a prova mais badalada da categoria pela primeira vez, à frente de Daniel.

A busca pelo milhão começou nesta sexta-feira (14), no Autódromo Internacional Ayrton Senna. No primeiro treino livre, Serrinha e Cacá tiveram desempenhos opostos e fecharam a atividade em quarto e 25º, respectivamente. A dupla tem opiniões bem parecidas a respeito da prova.

"Claro que todo mundo fala da Corrida do Milhão, existe uma atenção especial do público e da imprensa, mas é uma corrida como outra qualquer. Quero fazer o melhor e vencer, como acontece o ano inteiro. Se vier com um belo cheque, melhor ainda. O treino foi difícil, pois alguns trechos da pista estavam muito sujos. Ainda temos bastante trabalho pela frente para o carro estar em ponto de bala para a classificação e a corrida", disse Serrinha.

Cacá fez coro ao companheiro de equipe, mas diz que o principal é buscar a melhora imediata do rendimento de seu carro. "Ficar a sete décimos do primeiro é ridículo. Sabemos que tivemos alguns problemas durante o treino, mas, mesmo assim, estamos muito longe do ponto em que gostaríamos. Como sempre falei, a Corrida do Milhão é só mais uma corrida da temporada, que tem a mesma pontuação de outras. Claro que o vencedor fica marcado, todo mundo lembra, mas esse milhão é dividido, com toda a razão, por todos os integrantes da equipe. Como não participei da última etapa, tive um prejuízo gigantesco, pois era o líder do campeonato e agora estou em quarto, a 27 pontos da liderança. É muito difícil reverter uma desvantagem dessas, mas confio no trabalho da equipe e em mim para chegarmos a última corrida da temporada em condições de lutar pelo hexacampeonato", afirmou.

A Corrida do Milhão, sétima etapa da Stock Car 2015, acontece neste domingo (16), a partir das 10h30, com transmissão ao vivo da TV Globo, dentro do Esporte Espetacular. O treino classificatório será realizado no sábado (15), às 12h, e transmitido pelo SporTV2.