Thiago Camilo vence 1ª corrida no Velopark

Piloto da Ipiranga Racing aumentou para seis o número de vitórias de Andreas Mattheis no circuito gaúcho

Nem mesmo o carro de segurança logo após a janela para reabastecimento, que reaproximou os pilotos de Thiago Camilo, foi o suficiente para tirar a vitória do piloto da Ipiranga Racing na primeira corrida da rodada dupla da temporada 2017 da Stock Car. Cacá Bueno, da Cimed Racing, e Ricardo Mauricio, da Eurofarma RC, completam o pódio da prova realizada no Velopark.

Thiago Camilo manteve a liderança na largada e abriu vantagem sobre Thiago Camilo, mas um incidente entre Vitor Genz, Ricardo Zonta e Átila Abreu obrigou a primeira entrada do carro de segurança. Após a janela para reabastecimento, o carro de segurança entrou mais uma vez na pista após acidente envolvendo Cesar Ramos e Bia Figueiredo, punida por atitude antidesportiva. Mesmo com a aproximação de Cacá Bueno, Thiago Camilo manteve o ótimo desempenho do carro e cruzou a linha de chegada, conquistando sua primeira vitória no Velopark.

“Foi uma vitória relativamente tranquila, uma pena ter entrado o carro de segurança, tinha uma vantagem grande para essa pista. Comecei a ter um problema no carro, devido a um acidente durante os treinos que quebrou o amortecedor e acabei sofrendo um efeito colateral na corrida por conta disso. De um modo geral, chegamos aqui sete pontos arás e assumimos a liderança e com uma vitória”, destaca Thiago Camilo.

Andreas Mattheis, chefe da equipe Ipiranga Racing, nao quis contar o segredo para conquistar sua sexta vitória no Velopark desde que o início entrou para o calendário em 2011. “O segredo eu não posso contar porque ainda vamos ter mais corridas aqui. O piloto faz toda a diferença na categoria e o carro precisa estar ajustado. Temos uma receita boa, trabalhos muito bem para conseguir esse resultado”.

 

Confira classificação final da primeira corrida:

 


1) 21 Thiago Camilo – a 40min57s747
2) 0 Cacá Bueno- a 1s529
3) 90 Ricardo Maurício - a 2s090
4) 29 Daniel Serra – a 2s813
5) 80 Marcos Gomes a 2s860
6) 65 Max Wilson – a 5s764
7) 111 Rubens Barrichello - a 6s963
8) 77 Valdeno Brito – a 7s707
9) 83 Gabriel Casagrande- a 8s927
10) 88 Felipe Fraga- a 9s990
11) 25 Tuka Rocha – a 10s114
12) 4 Júlio Campos- a 11s389
13) 73 Sergio Jimenez – a 11s605
14) 1 Antonio Pizzonia - a 13s449
15) 8 Rafael Suzuki – a 15s008
16) 5 Denis Navarro – a 15s734
17) 31 Marcio Campos - a 18s337
18) 9 Guga Lima – a 20s837
19) 18 Allam Khodair - a 1 volta
20) 44 Betinho Valério - a 1 volta
21) 12 Lucas Foresti - a 4 voltas

Não completaram a prova:

22) 117 Guilherme Salas - a 9 voltas
23) 70 Diego Nunes - a 9 voltas
24) 110 Felipe Lapenna - a 10 voltas
25) 3 Bia Figueiredo - a 14 voltas
26) 30 Cesar Ramos - a 15 voltas
27) 51 Átila Abreu - a 21 voltas
28) 10 Ricardo Zonta - a 28 voltas
29) 46 Vitor Genz -
30) 28 Galid Osman -