Stock Car terá novos pneus nesta temporada

Estreia será nos treinos livres deste mês em Curitiba

As novidades não param para a temporada 2014 do Circuito Schin Stock Car. Depois de anunciar o câmbio eletrônico agora é a vez dos novos pneus, que sofrem importante e necessária modificação neste ano de 2014. Fabricado pela Pirelli, o P Zero, para pista seca, passa a ter a especificação 305/660-18 no lugar da medida 285/645-18, que prevalece nos pneus de chuva. Em resumo, os pneus para tempo seco passam a ser mais largos e altos, com mais borracha na banda de rodagem para suportar as maiores exigências neste ano de 2014.
 
A mudança foi recomendada pela fabricante, que é a principal fornecedora de pneus para as competições automobilísticas sul-americanas e fornecedora oficial da Fórmula 1, tendo em vista que a maioria das etapas deste ano será dupla com duas corridas de 40 minutos mais uma volta e outros 20 minutos mais uma volta. Além disso, a Pirelli se baseou no acompanhamento da performance do produto ao longo do ano e também na aplicação feita pelas equipes.
 
"Com o novo formato da competição em 2014, que é 50% mais longa, o processo de decisão do novo pneu para esta temporada foi fácil. O trabalho em conjunto com a JL e a Vicar nos permitiu trilhar o melhor caminho de desenvolvimento durante o ano de 2013, proporcionando metas ambiciosas ao mesmo tempo em que realistas para 2014. Esperamos mais um ano espetacular na Stock Car, com o auxílio, claro, da especificação aprimorada do pneu P Zero que levaremos às pistas", disse Jonathan Wells, diretor esportivo da Pirelli para a categoria.
 
Assim, já a partir dos treinos extra, marcados para dias 25 e 26 deste mês de fevereiro em Curitiba, os novos pneus estarão em uso, assim como na prova de abertura, dia 23 de março em Interlagos, o templo do automobilismo brasileiro. Nesta corrida, uma das três que não terá rodada dupla, os pilotos fixos da Stock Car formarão duplas que serão trocadas durante a prova. Será um fato inédito na principal e mais tradicional categoria do automobilismo brasileiro.
 
No final de novembro, a Pirelli submeteu à Vicar, promotora e organizadora do Circuito Schin Stock Car, os resultados das pistas com a recomendação da mudança, que foi aprovada em seguida. Os compostos dos pneus não foram modificados, bem como o local de produção, que permanece na Turquia, o mais moderno complexo produtivo mundial de pneus de competição, onde são também produzidos os pneus da Fórmula 1 e de outras importantes categorias internacionais.
 
Os testes para 2014 aconteceram nos dias 11 e 12 de setembro na pista de Tarumã, no Rio Grande do Sul. Ali, foram rodados mais de mil quilômetros e em torno de 330 voltas numa das mais velozes e abrasivas pistas do calendário nacional. Em abril, em Cascavel, no oeste paranaense, a mais rápida entre as pistas nacionais, algumas unidades de 2014 também foram utilizadas nos cerca de 700 quilômetros em mais de 200 voltas.

Algumas das principais modificações dos últimos anos:

2009 - carro novo G 09 e câmbio com a chegada dos ingleses X-Trac
2010 - Troca da gasolina pelo etanol Shell V Power e do motor mais potente: 480 hp
2011 - Chegada do Sonic e do Peugeot 408
2012 - Chegada do superbanco especial para os Stock Car
2013 - Retorno da Pirelli.
2014 - Câmbio eletrônico X-Trac e pneus novos

O Circuito Schin Stock Car tem organização e realização da Vicar Promoções Desportivas, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). A Schin é o patrocinador master da principal categoria do automobilismo brasileiro, dando nome ao campeonato e traz para as pistas a parceria com o Parada Pela Vida, projeto do Ministério das Cidades, que incentiva o consumo responsável de bebida alcoólica. O evento também tem o patrocínio da Pirelli, além do copatrocínio de Shell V-Power Etanol, Mobil Super, Pioneer e o apoio da Transzero. As montadoras são Chevrolet e Peugeot.
Tags: