Shell Racing espera repetir desempenho de Cascavel

Na cidade do interior paranaense, equipe somou 43 pontos. Agora, expectativa é de que ritmo continue em Curitiba

Na etapa passada, disputada em Cascavel-PR, a Shell Racing foi a que mais marcou pontos na soma das duas baterias: 43 pontos ao todo, incluindo um pódio de Valdeno na corrida 2, com a segunda colocação. Além do bom desempenho na etapa anterior, o retrospecto em Curitiba anima o piloto paraibano - ele venceu com a equipe Shell Racing esta corrida na capital paranaense em 2012. "É sempre importante chegar em uma pista onde eu e a equipe temos um grande resultado conquistado juntos, caso de Curitiba, mas ainda mais animador é o fato de termos nos destacado na etapa passada, disputada há duas semanas. Conseguimos uma estratégia excelente para pontuar bem nas duas corridas ", diz Valdeno.

Popó Bueno também destaca a boa performance do time na etapa passada, ao conseguir pontos nas duas corridas com seus dois pilotos. "O passo importante foi dado já na classificação, em que eu consegui passar para o Q2 (que reúne os dez primeiros) e o Valdeno (Brito) também estava nas primeiras filas. Mesmo largando entre os primeiros, é preciso ficar atento para conseguir uma estratégia que garanta bons pontos na prova 1 mas ao mesmo tempo não atrapalhe a segunda, tendo que fazer um pit stop extra, por exemplo", diz Popó, que marcou pontos nas duas etapas em Cascavel, incluindo um sexto lugar na prova 2 (na qual largou em 13º).

Isso porque o regulamento prevê uma parada obrigatória na corrida 1 (mais longa, de 40 minutos mais uma volta) para a troca de ao menos um pneu. Com isso, o mais vantajoso para pilotos e equipes é que o reabastecimento seja feito neste mesmo momento. Desta forma, a segunda prova (de 20 minutos) pode ser feita sem paradas - lembrando que o reabastecimento e troca de pneus entre as duas corridas é proibido. "Há momentos em que a escolha para arriscar tudo na primeira corrida e ir atrás da vitória vale a pena, como nós da Shell Racing fizemos em Santa Cruz do Sul, logo na estreia deste regulamento de rodada dupla. Foi arriscado, mas além da alegria da vitória, conseguimos 24 pontos, recorda Rodolpho Mattheis, chefe da equipe Shell Racing.