Pilotos

Shell Racing chega a Tarumã para reta final

Átila Abreu e Ricardo Zonta encaram novo desafio em um dos circuitos mais velozes e de asfalto mais abrasivo do país

Em terceiro lugar no campeonato de equipes da Stock Car, a Shell Racing tem neste fim de semana o antepenúltimo desafio da temporada-2017, no autódromo de Tarumã, no município de Viamão, região metropolitana de Porto Alegre.

Com uma vitória no campeonato, Átila Abreu ocupa a quarta posição na classificação geral e segue firme na luta pelo título. O sorocabano do carro #51, que tem como melhor resultado em Tarumã um segundo lugar em 2012, soma 12 top10 em 17 corridas, tendo subido quatro vezes ao pódio. "Hoje estamos a 55 pontos do líder e já não é mais uma diferença confortável para tirar nas provas restantes. Estamos num momento em que precisaremos de uma dose extra de ousadia, seja no acerto do carro, na estratégia e mesmo nas disputas de pista. Nessa altura do campeonato, não adianta mais apenas acompanhar os líderes, mas sim superá-los para descontar essa diferença e, para isso, temos de fazer algo diferente deles. A pista gasta bastante pneu e nosso carro costuma se dar bem nessas condições, até melhor com pneus desgastados em relação aos nossos concorrentes, o que me deixa bastante otimista. Mas nas classificações precisamos extrair algo mais com pneu zero, para largar na frente e somar bons pontos nas primeiras baterias, tanto agora em Tarumã, quanto em Goiânia, na última rodada dupla antes da final. Este ano a chicane da curva 3 foi modificada para evitar mais acidentes e teremos de nos adaptar nos treinos para tentar tirar proveito dela"

Já Ricardo Zonta, que venceu duas vezes no ano, é o 11º na tabela. No circuito gaúcho, o piloto do carro #10 já terminou uma vez entre os três primeiros, na segunda bateria de 2014, em terceiro lugar. "Tarumã é uma pista que eu gosto bastante, com diversas curvas de alta velocidade, como as duas primeiras e a que dá acesso à reta dos boxes. É claro que o equilíbrio e aderência são importantes, mas no caso específico dessa pista é preciso um acerto que evite o desgaste de pneus, já que o asfalto come muito a borracha e são duas corridas. Não é uma pista fácil de se ultrapassar, então estar bem colocado no grid de largada é muito importante também e conto com o voto dos fãs para conseguir um disparo extra do push na segunda prova!"

Com 3.069 metros, Tarumã é um dos circuitos mais velozes do país, embora desde 2014 exista uma chicane na curva 3 por questões de segurança. Esta variante, por sinal, recebeu modificações para a corrida deste ano para aumentar o espaço de manobra dos pilotos e evitar contatos.

Por outro lado, o asfalto de Tarumã promete continuar sendo uma dor de cabeça para engenheiros e pilotos. Além de ser muito abrasivo, o que já causa um acentuado desgaste da borracha, as curvas de alta velocidade para a esquerda causam um grande esforço nos pneus do lado direito.

No entanto, durante toda a temporada os carros da Shell Racing têm mostrado desempenho bastante consistente nas pistas que mais exigem dos pneus, o que deixa boas perspectivas para a rodada dupla deste fim de semana.

Em Tarumã, tanto Átila Abreu como Ricardo Zonta estão elegíveis para o Fan Push, um disparo extra do botão de ultrapassagem por intermédio de votação no site oficial da categoria (www.stockcar.com.br).

A programação começa na sexta-feira com o primeiro treino livre, às 10h40 (horário de verão). No sábado serão disputados o segundo treino livre, às 8h45, e a classificação que define o grid da primeira bateria, ao meio-dia, com transmissão do SporTV3.

No domingo, a primeira bateria tem largada prevista para as 13h, enquanto a segunda prova será realizada às 14h10. O SporTV3 transmite ao vivo.