Sérgio Jimenez e Guga Lima pontuam nas duas provas no Velopark

Em etapa marcada por acidentes e rodadas, pilotos da Hot Car Competições "sobrevivem"

O paulista Sérgio Jimenez e o brasiliense Gustavo Lima, da equipe Bardahl Hot Car, completaram a segunda etapa da temporada 2017 da Stock Car, marcando pontos nas duas provas disputadas no Velopark, em Nova Santa Rita (RS).

Com temperatura alta, a exigência foi ainda maior para os pilotos e suas ‘máquinas’ no traçado de apenas 2.278 metros. Em duas corridas de bastante disputa, emoção e acidentes, Thiago Camilo ficou com a vitória na corrida 1 e Felipe Fraga faturou o lugar mais alto do pódio na segunda prova. Jimenez chegou em 13º e 12º lugares. Guga cruzou a linha de chegada em 18º e 14º.

Na corrida 1, Jimenez largou em 20º e logo na primeira volta já era o 14º. Após a largada, um acidente envolveu três carros e obrigou a entrada do Safety Car. Guga, que partiu de 29º, também vinha ganhando posições e, no final, a dupla da Hot Car conseguiu marcar pontos.

Na segunda prova, Jimenez partiu de 13º e logo assumiu a décima posição, ultrapassando o vencedor da primeira prova, Thiago Camilo. O piloto vinha num ritmo bom, até ser acertado por Cacá Bueno numa disputa e perder posições. Guga também largou bem e logo já aparecia na zona de pontuação. O resultado poderia ter sido ainda melhor, mas o piloto também foi "acertado" por Diego Nunes - que foi punido com um drive thru - e rodou.

A corrida foi marcada por um forte acidente, depois que Antonio Pizzonia e Tuka Rocha bateram. Pizzonia tentou voltar para a pista e o piloto Lucas Foresti, que vinha rápido atrás, não conseguiu desviar e bateu.

"Larguei bem na corrida 1. Dei um pulo bom. As ‘rodadas’ passaram perto, mas felizmente não me acertaram desta vez. Meu ritmo no começo não era tão bom, mas depois da décima volta melhorou e começamos a brigar por posições. O pit foi bom, mantivemos a posição e conseguimos marcar pontos", comentou Jimenez.

"Na segunda corrida também larguei bem, andei junto com o pessoal que foi pro pódio na prova 1, ultrapassei o Thiago no início e deu pra medir um pouco de ‘força’. Depois, numa disputa com o Cacá, acabamos tendo um toque o que me prejudicou e me fez perder posições. Na hora que o Tuka e o Pizzonia bateram, eu vinha logo atrás, com push e só fiquei esperando pra que lado cada um ia e consegui escolher o lado certo. Uma pena que deu um grande acidente depois e espero que o Lucas esteja bem", finalizou o paulista do Stock #73.

Guga Lima, piloto mais novo da Stock com apenas 20 anos, também ficou satisfeito com os pontos. "O final de semana começou com alguns problemas, mas no final sair com alguns pontos foi bom, positivo. Conseguimos evoluir o carro nos treinos. Precisamos ainda melhorar mais o ritmo de corrida, mas estamos perto. Na segunda prova, fiz uma largada muito boa e uma pena o Diego ter me acertado. Mesmo assim consegui voltar e marcar mais um pontinho", completou o piloto do Stock #9.

A terceira etapa da Stock Car será realizada no dia 21 de maio, em Santa Cruz do Sul (RS).