Ricardo Maurício conquista vitória na segunda corrida

Piloto da Eurofarma RCapresentou um bom rendimento na pista e não foi pressionado pelos adversários

Na segunda corrida da rodada dupla em Santa Cruz do Sul, a vitória ficou com Ricardo Mauricio. Depois de terminar a primeira na 20ª posição, o piloto da Eurofarma RC apresentou o bom rendimento do carro principalmente após a parara para reabastecimento e não teve dificuldades para vencer. Antonio Pizzonia e Sérgio Jimenez completaram o pódio.

Alguns pilotos da categoria sofreram na segunda corrida as consequências das escolhas feitas na primeira. Cacá Bueno largou na pole, mas sabia que não conseguiria segurar a posição de Felipe Fraga por não trocar os pneus no reabastecimento. Fraga liderou a prova com facilidade até a parada, mas um problema no carro o tirou da prova.

Ricardo Maurício, 20º colocado na primeira corrida, trocou os quatro pneus para a segunda e começou a ultrapassar os adversários, chegando à liderança após a parada para reabastecimento, não sofrendo a pressão dos outros pilotos. “A primeira corrida foi muito difícil e decidi trocar os quatro pneus para priorizar esta prova. Muitos pilotos adotaram essa mesma estratégia e abasteceram bastante. Felizmente consegui conquistar esses 20 pontos. Tínhamos um bom equipamento e a estratégia foi bem feita, conquistamos uma quantidade boa de pontos aqui em Santa Cruz do Sul”.

A quarta etapa da temporada 2017 da Stock Car será realizada no dia 11 de junho, no autódromo de Cascavel (PR). Confira como ficou o resultado final da segunda prova, em Santa Cruz do Sul.

1.) 90 Ricardo Maurício - 28 voltas em 41min43s203

2.) 1 Antonio Pizzonia - a 2.928

3.) 73 Sergio Jimenez - a 5.612

4.) 110 Felipe Lapenna - a 9.669

5.) 25 Tuka Rocha - a 11.488

6.) 8 Rafael Suzuki - a 11.758

7.) 3 Bia Figueiredo - a 11.941

8.) 51 Átila Abreu - a 12.093

9.) 18 Allam Khodair - a 12.520

10.) 31 Marcio Campos - a 16.183

11.) 30 Cesar Ramos - a 17.999

12.) 46 Vitor Genz - a 20.171

13.) 21 Thiago Camilo - a 21.190

14.) 83 Gabriel Casagrande - a 21.862

15.) 0 Cacá Bueno - a 23.025

16.) 77 Valdeno Brito - a 23.272

17.) 12 Lucas Foresti - a 25.389

18.) 29 Daniel Serra - a 27.175

19.) 111 Rubens Barrichello - a 27.293

20.) 10 Ricardo Zonta - a 30.699

21.) 9 Guga Lima - a 31.372

22.) 4 Julio Campos - a 1 volta

23.) 70 Diego Nunes - a 5 volta

Não completaram 75% da prova

24.) 88 Felipe Fraga.

25.) 117 Guilherme Salas

26.) 65 Max Wilson

27.) 5 Denis Navarro

28.) 80 Marcos Gomes

29.) 28 Galid Osman

30.) 44 Betinho Valério