Rafael Suzuki traz argentino Franco Vivian para Corrida de Duplas

Campeonato tem início neste fim de semana, em Curitiba, numa prova especial, em que cada piloto oficial divide o carro com um piloto convidado. De casa nova, Suzuki está confiante em começar o ano com o pé direito

Brasil e Argentina têm uma longa e conhecida rivalidade nos esportes, mas, para o piloto Rafael Suzuki, essa máxima não será válida na primeira etapa da Stock Car 2016. O representante maranhense, que fará sua primeira prova pela Vogel Motorsport, sua nova equipe, terá o argentino Franco Vivian como seu companheiro na já tradicional Corrida de Duplas, que abre a temporada 2016 da categoria neste domingo (6 de março), em Curitiba.

Suzuki e Vivian foram rivais durante muitos anos no kart, em diversas competições continentais e mundiais, mas mantiveram a amizade desde então. O argentino de 27 anos foi tricampeão Pan-Americano (2002, 2004 e 2005) de kart, vice-campeão da F-Renault Argentina, fez uma temporada no Turismo Carretera e há quatro anos corre no Super TC 2000, principal campeonato do automobilismo na Argentina. Pela sua experiência em categorias de turismo, Suzuki acredita que o argentino poderá ser uma importante peça na busca por um bom resultado na prova.

"Correr com o Franco Vivian será como nos velhos tempos, a única diferença é que estamos do mesmo lado agora, correndo em dupla pelo mesmo objetivo. Já dividimos muitas freadas no kart em Campeonatos Pan-Americanos, Mundial, etc, ou seja, nos conhecemos bem. Ele é um piloto que tem obtido sucesso em todas as categorias que correu e já tem uma grande experiência em carros de turismo na Argentina, que tem um automobilismo muito forte", disse o piloto do carro #8.

Animado com o desafio, Franco Vivian comemorou o convite de Suzuki, e tem treinado no simulador para se adaptar ao circuito. "Para mim é uma honra correr na principal categoria brasileira com o Rafa Suzuki, um dos melhores kartistas que já vi. Espero que possamos conquistar um bom resultado e ter um grande fim de semana juntos. Estou muito animado e grato com a oportunidade que ele me deu. A pista de Curitiba parece muito técnica, com curvas de alta e outras de baixa velocidade. Gostei bastante no simulador, e espero curtir na vida real também", comentou o argentino.

Esse será o terceiro ano consecutivo que a Corrida de Duplas abre a temporada da Stock Car. Os pilotos oficiais serão os responsáveis pela largada, e no pit-stop, além do reabastecimento e troca de pneus, é obrigatório também o revezamento entre os pilotos, quando os convidados assumem o volante, para completar a corrida, que tem 65 minutos mais uma volta de duração.

"Essa primeira etapa, mesmo valendo poucos pontos, não deixa de ser importante. Precisamos otimizar o tempo de pista nos treinos para estarmos competitivos logo de cara, entender as novas configurações técnicas do carro o mais rápido possível. Uma boa performance ou um bom resultado na abertura do campeonato pode fazer toda diferença", concluiu Suzuki.

Os treinos em Curitiba começam na quarta-feira à tarde, contando também como uma pré-temporada, e vão até sábado. Neste mesmo dia, a partir das 12h, acontece a classificação, com transmissão ao vivo do Sportv. No domingo, a largada para a Corrida de Duplas está marcada às 12h30, também com transmissão ao vivo pelo Sportv.