Rafael Suzuki encara desafio no frio gaúcho para seguir subindo na temporada

Circo da maior categoria do automobilismo brasileiro desembarca em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, onde são esperadas temperaturas abaixo dos 10 graus no fim de semana. Suzuki almeja o resultado que escapou em Goiânia, na penúltima volta

Do calor de mais de 30 graus do Centro-Oeste para o frio de aproximadamente 10ºC do Sul, esse "choque térmico" é o que pilotos e equipes da Stock Car vão enfrentar no próximo fim de semana (4 e 5 de junho) em Santa Cruz do Sul, tradicional cidade gaúcha localizada a cerca de 140km a oeste de Porto Alegre. Após 10 dias do término da etapa na capital goiana, os equipamentos já desembarcam em solo gaúcho nesta quinta-feira, e as equipes tiveram que literalmente correr na revisão detalhada e manutenção dos carros devido a grande logística das viagens.

Pelo aspecto técnico, o circuito gaúcho de 3.351 metros é um dos mais seletivos do país, com uma grande reta e trechos de freada forte, baixa velocidade e uma sequência de curvas de alta na última parte da pista. Outro ponto de muito estudo para os engenheiros e pilotos é o asfalto abrasivo do circuito que proporciona um desgaste maior dos pneus, apesar das baixas temperaturas. A estratégia, assim como em Goiânia, também será parte determinante na rodada dupla em Santa Cruz do Sul, já que uma parada nos boxes para reabastecimento é praticamente necessária em algum momento das duas corridas.

Para Rafael Suzuki, a última etapa em Goiânia serviu de grande entusiasmo para a próxima corrida, já que o piloto do carro #8 da Geolab Racing sempre esteve entre os mais rápidos nos treinos e corridas. Agora, o representante maranhense espera trazer pra casa o resultado que escapou das mãos para consolidar a evolução e bom momento na categoria. Foi em Santa Cruz do Sul que Rafael conseguiu seus primeiros pontos na categoria, em abril de 2014, logo na sua segunda corrida. Na ocasião, o representante maranhense largou na 17ª posição e terminou em 20º. Agora, em sua terceira temporada na categoria, os objetivos são maiores, continuar no top-10 e conquistar seu melhor resultado na Stock Car.

"Estou animado para Santa Cruz do Sul, tenho evoluído bastante neste ano e, principalmente, o trabalho com a Geolab Racing tem sido muito positivo, esse entrosamento veio mais rápido do que eu imaginava até. Acredito que temos tudo para sermos competitivos novamente, o carro tem se mostrado rápido em todas as três pistas que já corremos na temporada e por isso temos uma boa perspectiva. Será fundamental encontramos um bom acerto para minimizar o alto desgaste de pneus na corrida, porque se tivermos que trocar os quatro pneus na corrida, perderemos muito tempo. Vou fazer meu melhor para trazer um grande resultado para a equipe", disse.

O líder do campeonato é Marcos Gomes, seguido de seu companheiro de equipe, Felipe Fraga, e com Rubens Barrichello fechando o top-3. Rafael Suzuki ocupa posição no meio da tabela e é o 16º com 28 pontos, a apenas 9 do décimo colocado, mostrando grande equilíbrio entre os pilotos nessa temporada.

A programação da Stock Car é mais curta nesse fim de semana, com as atividades de pista começando apenas no sábado, com dois treinos livres de 40 minutos, além do shakedown (aquecimento) de 10 minutos pela manhã. Ainda no sábado, os pilotos definem o grid de largada para a primeira das duas provas de domingo, que o SporTV transmite ao vivo a partir das 13 horas.