Por meio décimo de segundo

Rafa Matos fica fora do Q2

Definido o grid de largada para a 10ª etapa da Stock Car 2014. Neste sábado (1º), no autódromo de Tarumã, em Viamão (RS), o atual campeão Ricardo Maurício garantiu a pole position, ao virar 1min09s570 no Q2. Na equipe Hot Car Competições, o mineiro Rafa Matos ficou de fora do segundo treino por muito pouco e larga em 12º lugar. O companheiro Felipe Lapenna vai partir da 19ª posição. A primeira corrida deste domingo (2), com 40 minutos de duração, terá sua largada às 11 horas, com transmissão ao vivo no SporTV. Na sequência, às 12h08, acontecerá a segunda bateria, com 20 minutos.

Matos, que no treino livre da manhã foi o terceiro mais rápido, ficou de fora do Q2 por meio décimo de segundo. "Ficamos de fora do Q2 por muito pouco, mas o mais importante é que os carros estão muito bons e estamos confiantes para as provas de amanhã. Fomos rápidos de pneus velhos e pneus novos e vamos trabalhar para fazer uma boa estratégia e tentar chegar novamente no pódio", destacou o chefe da equipe, Amadeu Rodrigues.

Vencedor da última prova, em Santa Cruz do Sul (RS), no final de setembro, Matos espera lutar novamente entre os ponteiros. "Faltou bem pouquinho, mas o 12º lugar é uma boa posição e acredito que teremos a oportunidade de tentar repetir o resultado de Santa Cruz da primeira corrida, quando fiquei em décimo e pude largar na pole na prova seguinte. Ou, podemos tentar chegar ainda mais à frente e marcar mais pontos e ver o que acontece na corrida final", comentou o mineiro do Stock #2.

"Nosso carro está bem competitivo. Liderei uma grande parte do treino livre desta manhã, quando as condições da pista eram bem parecidas com as da tomada de tempo, mas infelizmente não consegui repetir 100% a performance no classificatório", completou o piloto, que está em 17º lugar na temporada.

Depois de ter ficado entre os 15 primeiros nos treinos livres, Lapenna também esperava uma posição de largada melhor. Mesmo assim, o piloto do Stock #110, que está em 16º lugar no campeonato, mantém a confiança. "As diferenças neste treino foram muito apertadas. Infelizmente, meu carro estava um pouco dianteiro, mas mesmo assim achei que tinha virado uma volta bem boa. Esperava largar entre os 15, mas na Stock qualquer detalhe faz muita diferença. Agora é trabalhar bastante para amanhã e acredito que temos chances de conquistar ótimos pontos para a equipe", declarou o piloto paulista.