Poça de óleo põe fim

Ao sonho de Thiago Camilo

Uma poça de óleo pôs fim ao sonho do título da Stock Car para Thiago Camilo logo na segunda volta da corrida que encerrou a temporada 2014 e consagrou Rubens Barrichello campeão. O piloto da Ipiranga RCM largou em 5º e se manteve nessa posição, atrás de Cacá Bueno. Quando estava pressionando o adversário, na segunda volta, Camilo rodou numa poça de óleo deixada pelos acidentes que envolveram alguns carros dos pelotões de trás na largada, e foi atingido pelo carro de Ricardo Zonta.

“Eu tinha carro para disputar a vitória e fazer a minha parte”, disse Camilo, que precisava vencer e torcer para Rubens Barrichello chegar em 9º e Átila Abreu em 3º para ser campeão no Autódromo Internacional de Curitiba. No fim, Átila chegou em 2º e Rubinho em 3º. “Infelizmente aconteceu um acidente de corrida, quando o carro passa no óleo não há o que fazer. Mas tivemos um ano competitivo, brigamos pelo campeonato até a última corrida e vamos voltar em 2015 para buscar o título”, concluiu o piloto de 30 anos.galid

Galid Osman largou em 16º e teve uma corrida bem movimentada. Ganhou posições e estava em 11º quando rodou na mesma poça de óleo que o companheiro de Ipiranga RCM. Voltou à pista em 14º. No fim da prova travou uma disputa com o campeão de 2013, Ricardo Mauricio, e acabou em 15º. “Vinha fazendo uma corrida interessante e poderia chegar entre os 10 se não tivesse rodado. Mesmo com apenas metade dos acionamentos do botão de ultrapassagem por causa de uma punição, eu estava ganhando posições. No fim, o Ricardinho ainda tinha botão de ultrapassagem para usar e eu não, e não houve como segurar a posição. Mesmo assim, deu para sentir que o carro acabou 2014 bem competitivo, e é assim que queremos começar 2015”.