Pizzonia, o polivalente

Amazonense disputou rodada dupla da AutoGP. Largou da pole, e em duas corridas fez uma vitória e um segundo lugar

Antonio Pizzonia, diriam os antigos, não para quieto. Piloto da Prati-donaduzzi no Circuito Schin Stock Car, o amazonense de 34 anos é praticante do triatlo e também concilia suas atividades e constantes voos entre São Paulo e Manaus com alguns compromissos no exterior. E no último final de semana ele cumpriu mais um deles - no ambiente que mais gosta, um autódromo.

Pizzonia disputou a rodada dupla inaugural da temporada 2015 da AutoGP, um dos mais importantes campeonatos de fórmula da Europa. Competindo no circuito de Hungaroring (Hungria) pela equipe Zele Racing, o campeão da Fórmula 3 Britânica do ano 2000 mostrou que não perdeu a forma ao guiar um monoposto, mesmo depois de tantos anos na Stock Car.

Ele marcou a pole position e liderou toda a primeira bateria, que foi disputada na chuva, até a última volta, quando cometeu um erro e terminou em segundo lugar. “Estava com pneus velhos, dei uma escapada e perdi a vitória. Foi de bobeira que cheguei em segundo, mas não tenho do que reclamar”, disse Antonio, que no domingo se recuperou em grande estilo.

Com o grid que inverte os oito primeiros colocados para a segunda prova, Pizzonia largou da sétima colocação. Três curvas depois, era o líder. “Peguei bem a mão de largar com este carro, então eu já alimentava uma boa expectativa quanto a isso”, disse.

Questão de adaptação a carros tão diferentes entre si já não incomoda mais o amazonense. “Essa transição acaba sendo um pouco mais natural para mim, embora o da AutoGP seja muito mais exigente na parte física, por causa da imensa pressão aerodinâmica, mas é tranquilo”, afirmou. Cada um tem sua característica e sua particularidade. Os carros da AutoGP têm 550 cavalos de potência e podem chegar a 320 km/h.

O importante é manter-se em atividade. De preferência, guiando um carro de corrida. “Só de estar na ativa é sempre positivo”, disse Pizzonia, que lidera o campeonato da AutoGP com 41 pontos, nove à frente de Facu Regalia. A próxima etapa acontece em 23 e 24 de maio no circuito de Silverstone, na Inglaterra.