Pilotos da Stock Car são personagens de "Big Brother" na equipe Full Time

Convidados do time de Maurício Ferreira podem não só ver de perto e pelo monitor como acompanhar o rádio do piloto escolhido. E são todos os convidados que desfrutam deste benefício. Ou seja: ai se os pilotos falarem besteira...

Se tem uma equipe na Stock Car com estrutura digna de Fórmula 1 ela se chama Full Time Sports. O time campeão de 2015, liderado por Maurício Ferreira, mistura praticidade, conforto e transforma o trabalho de seus pilotos em um verdadeiro "Big Brother", onde quem acompanha tem acesso a praticamente todas as voltas, às reações e às conversas de um lugar privilegiado, com bebidas geladinhas e até uma tomada para plugar o celular e poder postar à vontade nas redes.

No caso da equipe Full Time ProGP, de Lucas Foresti e Felipe Guimarães, 16 felizardos podem entrar de cabeça na vida dos pilotos. Nos dois lados da garagem, um camarote especial foi montado para atender às necessidades dos convidados e transformar a visita em uma real experiência dentro dos boxes. Cada um dos camarotes é dotado de oito poltronas de cinema com visão privilegiada da ação da equipe e dos pitstops; cada uma dessas vagas possui um fone de ouvido igual ao dos engenheiros, onde é possível acompanhar toda a conversa entre carro e boxes, assim como quatro enormes monitores exibem as imagens da TV e os tempos de volta.

É um "Big Brother" completo, só faltando o paredão e a eliminação, já que esses assuntos são resolvidos pelos deuses das corridas.

Porém, para montar essa estrutura vanguardista e moderna - nenhuma outra equipe dá uma atenção tão grande aos convidados como a Full Time - Maurício pesquisou. Foi a corridas de Fórmula 1 e DTM ao redor do mundo para criar o seu conceito. E admite: "Boa parte disso foi inspirado no que a Mercedes faz na F1. Vi muitas equipes onde os convidados ficavam como se fosse em um chiqueirinho em um lugar igual ao que disponibilizamos, mas de pé e com rádios. E fui desenvolvendo para chegar no molde atual."

"Claro, nem todo mundo na Stock Car tem condições de disponibilizar rádios para todos como na F1, mas fizemos o máximo possível para proporcionar isso aos nossos convidados. Além disso, do conforto para eles, esse modelo ajuda muito a equipe, pois organiza os boxes e facilita o trânsito de mecânicos e equipamentos sem precisarmos ficar pedindo licença e desviando das pessoas que ficam de pé. Conseguimos unir o útil ao agradável com sucesso. Mas a ideia é sempre melhorar", destaca Ferreira.

Esse tipo de atitude também é muito valorizada pelos pilotos, pois eles conseguem proporcionar aos patrocinadores - que levam representantes a quase todas as corridas - um "plus" a mais, como descreve Lucas Foresti. "Toda empresa quer ver sua marca bem aplicada. No caso da CVC, da Harry's e da Caruana, meus parceiros principais, eles se sentiram privilegiados ao ver suas imagens refletidas em uma equipe competente, limpa e organizada, que proporciona experiências especiais às pessoas. E esse relacionamento é tão importante quanto os resultados em pista. Quanto mais profissionalismo, mais retorno elas tem. E todos saem felizes, associando a marca a um momento único de suas vidas."

O próximo capítulo do "Big Brother Full Time Sports Stock Car" acontece neste domingo com a realização da rodada dupla de Goiânia, marcada para às 13h e 14h10 (horários de Brasília). Caso você não tenha o privilégio de acompanhar com estilo nos boxes da equipe, é possível sentir parte desta emoção vendo tudo pelos canais SporTV.