Para Valdeno, chuva parou e impediu vitória

Piloto da Shell Racing afirma que carro perdeu rendimento quando pista começou a secar

Para o piloto Valdeno Brito, o fato de a chuva ter parado no final da prova deste domingo, em Interlagos, foi decisivo para que ele e seu convidado, o holandês Jeroen Bleekemolen, não conseguissem vencer a prova. “Se a chuva continuasse, teríamos chance de buscar a primeira colocação. Mas como a pista começou a secar, ficou difícil acompanhar a dupla vencedora”, comentou.

Valdeno também considerou que Rodrigo Sperafico foi decisivo para que a vitória fosse para a dupla da Vogel Motorsport. “Considero nossa dupla vencedora, pois é injusto competir com um piloto que esteve dez anos pilotando na categoria”, disse, referindo-se a Rodrigo Sperafico, piloto bastante experiente em Stock Car, e que correu como convidado de Felipe Fraga. Mesmo assim, Valdeno parabenizou os vencedores. “Pena que a chuva parou na hora errado”, lamentou.