Não está morto quem peleia

Em Tarumã, pentacampeão conquista sua 34ª vitória na Stock Car, torna-se o terceiro maior vencedor da categoria, e agora só pensa em uma coisa: o hexacampeonato

Desde a última etapa, disputada em Tarumã, Cacá Bueno tem um único pensamento em sua cabeça: vencer a última etapa da temporada 2015 da Stock Car – contar um pouco com a sorte – para conquistar seu sexto título da principal categoria do automobilismo brasileiro.

E a rodada dupla anterior, disputada em novembro no circuito de Tarumã, foi decisiva para que o carioca da Red Bull Racing se mantivesse vivo na disputa. Cacá largou em 11º, logo atrás do companheiro Daniel Serra, e optou por uma primeira prova cautelosa para terminar entre os dez primeiros e lutar pela vitória na segunda corrida do dia. “Na primeira corrida, consegui seguir a risca a estratégia, controlei a ansiedade de ir para cima, pensando em largar numa boa posição na segunda corrida e acabou dando certo”, afirmou.

A estratégia foi executada com perfeição, com a 34ª vitória do pentacampeão no Circuito Schin Stock Car, em pódio que contou com a presença de Serrinha em terceiro lugar. “Guardei bastante push to pass para a segunda prova e consegui conquistar minha 34ª vitória na Stock Car, me tornando o terceiro maior vencedor, atrás apenas do Ingo (Hoffmann) e do Paulão (Gomes). O primeiro objetivo foi conquistado em Tarumã, que era levar a decisão do título para Interlagos, agora é acelerar, ir para cima, vencer e esperar que a sorte ajude um pouco”, disse.

Agora, apenas Cacá e Marcos Gomes, líder do campeonato, têm chances de título na última corrida da temporada, dia 13 de dezembro, em São Paulo. O paulista soma 242 pontos contra 210 do pentacampeão.

“Em Tarumã eu venci e ele (Gomes) foi 12º, não é nada tão impossível. A equipe está de parabéns, final de semana que parecia dificílimo e resolvemos jogar com a estratégia. O carro melhorou na segunda bateria. Vamos para Interlagos, vamos ganhar lá. Estamos vivos, era isso que importava. Como dizem por aqui, ‘não está morto quem peleia'", encerrou.

Tags: