Na base da superação

Estratégia de Allam Khodair é somar o maior número possível de pontos, não importa o que aconteça

Allam Khodair é o sétimo colocado na tabela de classificação do Circuito Schin Stock Car, com 40 pontos após três etapas. À sua frente estão Ricardo Maurício, Max Wilson, Rubens Barrichello, Marcos Gomes, Julio Campos e Cacá Bueno – este, com 62 pontos e em primeiro no campeonato 2015.

Mas os pontos conquistados pelo paulista da Full Time Sports, no entanto, vieram na base do sacrifício – e também da habilidade. De três etapas realizadas até agora, o “Japonês Voador” concluiu duas com problemas em seu carro. Na Corrida de Duplas que abriu a temporada em Goiânia, Khodair conseguiu o último lugar do pódio com um excelente terceiro lugar, conquistado junto do português Antonio Félix da Costa, depois de segurar por quase metade da corrida os carros de Cacá Bueno (Pechito López), Thiago Camilo (Lucas di Grassi) e Max Wison (Vitor Meira). O desempenho inferior ao dos carros que visavam tomar-lhe o terceiro lugar aconteceu em virtude de um problema de câmbio. Mesmo assim, Khodair e da Costa conseguiram se segurar à frente dos adversários.

Na etapa passada, na rodada dupla disputada no Velopark, em Nova Santa Rita (RS), o piloto da Full Time somou bons pontos, também na base da superação. Seu carro teve uma quebra de suspensão ainda na primeira bateria, na qual terminou em sétimo. E sem tempo hábil para os reparos – já que apenas 30 minutos separam o final da primeira corrida da largada para a segunda – Khodair partiu para o sacrifício. E também somo ponto, terminando em 14º lugar.

“Foi uma corrida bastante sacrificada por conta destes problemas”, falou Allam. “Começamos bem, brigando pelas primeiras posições, mas depois que tivemos a quebra da suspensão eu tive que administrar”, continuou. “Isso também nos impediu de guardar acionamentos do botão de ultrapassagem para a segunda prova, prejudicando a estratégia como um todo. Diante de tudo isso, os pontos somados foram muito importantes para nos manter na briga pelo título”, explicou Khodair, que espera menos percalços na quarta etapa da temporada, no próximo dia 31 de maio, em Curitiba.