Muda tudo na AMG

De pilotos a patrocinadores, até o nome da equipe. Conheça a TMG Racing, e o que ela espera de 2016

Vencedora da última etapa de 2015 com Átila Abreu, a AMG Motorsport muda tudo para 2016. Pilotos, patrocinadores e até mesmo o nome. O time sediado em Americana (SP) passa agora a se chamar TMG Racing com a aquisição de 100% das cotas societárias por Thiago Meneghel, engenheiro com larga experiência na categoria.

O time entra na temporada da Stock Car com nova formação de pilotos. Átila Abreu e Lucas Foresti deixaram a equipe, que agora conta com Valdeno Brito e Gustavo Lima. O carro vem com novas cores (com os patrocínios da financeira Help, Petronas e Cifarma) e Meneghel desenha objetivos realistas, porém audaciosos.

Sobre a contratação de Valdeno, que fez excelente temporada em 2015, o chefe de equipe diz que é uma aquisição há tempos aguardada. “Trabalhei perto dele em outra equipe, já tivemos contato também em outras categorias, como Fórmula Chevrolet e Fórmula 3. Nossos caminhos estavam sempre se cruzando”, lembrou.

“Agora com o Valdeno no nosso carro as expectativas são boas. Ele é muito rápido, detém alguns recordes (fez três poles em 2015, venceu duas corridas e detém o recorde de maior pontuação em uma mesma etapa) e está vindo de um ano muito bom. Tenho certeza de que ele vai andar muito bem para fazermos uma temporada muito boa”, disse.

Valdeno também alimenta boas perspectivas em se juntar à TMG Racing. “Eu conheço o Thiago (Meneghel) há muito tempo, e desde a Fórmula Chevrolet eu sempre tive vontade de trabalhar com ele. Agora tudo se concretizou da melhor forma possível. Agora teremos dois anos para disputar o campeonato e estou muito empolgado”, falou.

“Meu pensamento é trabalhar para ser campeão. E fazer isso desde a primeira etapa. Vamos trabalhar bastante, mas este é o objetivo. A equipe vai me dar capacidade para isso e também acho que estou no meu melhor momento. É um time que ganhou duas corridas no ano passado, foi vice-campeão de pilotos em 2014, então eles sabem o caminho da vitória. Estou saindo de uma equipe boa e indo para outra tão boa quanto”, disse o paraibano, que em Curitiba traz da europa o belga Maxime Martin para formar dupla no dia 6.

Martin, experiente piloto da BMW no DTM e em provas de GT – tendo vencendo, inclusive, uma etapa do Blancpain Sprint Series em 2015 pela equipe brasileira quando correu para substituir Valdeno e Átila, que tinham compromisso com a Stock Car na mesma data.