Melhoras significativas

Pela segunda vez seguida na temporada a Schin Racing Team termina uma das provas entre os dez primeiros colocados

Pela segunda vez consecutiva a Schin Racing Team terminou uma das provas da principal categoria do automobilismo brasileiro entre os 10 primeiros colocados. O responsável pelo feito foi o mineiro Rafa Matos, que chegou na sexta colocação na primeira corrida da etapa de Curitiba. O desempenho do piloto do carro número 2 só não foi melhor porque na segunda corrida ele teve uma pane seca quando ocupava a segunda colocação. “O sentimento é bom pela sexta colocação e pelo excelente desempenho do carro, principalmente por conta dos problemas que tivemos nas últimas etapas. Só ficamos tristes pela segunda corrida, onde certamente iriamos subir no pódio. Agora vamos nos concentrar para Santa Cruz do Sul, prova que tive a felicidade de vencer em 2014.”, destacou Matos.

O outro piloto da Schin Racing Team, Felipe Lapenna, enfrentou problemas logo na largada, quando foi atingido por um dos carros da RCM- Ipiranga, após um toque do piloto Allam Khodair com Valdeno Brito. Lapenna destacou a frustração pelo acidente, já que tinha um ótimo carro para a corrida. “Foi uma pena, pois nosso carro estava muito bom. Infelizmente são pontos importantes que deixamos de marcar”, disse Lapenna após a corrida.

A etapa de Curitiba teve como vencedores os pilotos Daniel Serra, da Red Bull Racing (primeira corrida) e Julio Campos, da PRATI-DONADUZZI (segunda corrida). O resultado colocou o dono do carro número 4 na liderança do campeonato. A próxima etapa do Circuito Schin Stock Car acontece em Santa Cruz do Sul no dia 28 de junho.