Lucas Foresti lança ação social para etapa final

Por meio do site e aplicativo do piloto, quem fizer a doação para o Instituto Ingo Hoffmann terá o rosto estampado no carro na corrida de Interlagos em dezembro

A última etapa da Stock Car Brasil será disputada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, no dia 13 de dezembro deste ano. De maneira especial Lucas Foresti irá desenvolver uma ação social, que será realizada em prol do Instituto Ingo Hoffman, que cuida do auxílio à crianças carentes em tratamento de Câncer.

Através de seu site na web e seu aplicativo móvel Lucas irá abrir uma opção para que as pessoas façam doações para o Instituto e, em contrapartida disso, terão expostas em seu carro uma foto pessoal, no tamanho 3x4 cm, que será tirada pelo próprio tablet ou smartphone, no momento da doação. Site do piloto: www.lucasforesti.com.br

Esta ação será realizada a partir do dia 15 de agosto, véspera da Corrida do Milhão, e se estenderá até o final do mês de novembro, quando serão encerradas as doações e o carro será efetivamente adesivado. O piloto irá competir com este carro no encerramento da temporada.
Esta é a primeira vez que uma ação deste porte é realizada no Brasil. Existem cerca de 10 mil espaços no carro para fotos e o objetivo é conseguir a maior exposição desta campanha possível para que, desta forma, mais pessoas doem e, logicamente, um valor mais expressivo seja auferido para o repasse às crianças em tratamento.

INSTITUTO INGO HOFFMANN
O Instituto Ingo Hoffman é uma entidade beneficente sem fins lucrativos, que leva o nome do piloto Ingo Hoffmann, um dos grandes ídolos do automobilismo nacional, presidente da entidade. Fundado em 2005, o instituto tem a missão de oferecer mais conforto e qualidade de vida às crianças em tratamento do câncer e suas respectivas famílias. Em parceria com o Centro Infantil Boldrini, hospital referência mundial no tratamento do câncer infantil, o Instituto Ingo Hoffman é responsável pelo projeto Casa da Criança e da Família, que abriga as crianças em tratamento intensivo e que não têm condições de serem mantidas por suas famílias fora de suas casas.

Conheça a entidade: http://www.ingohoffmann.org.br/