Lucas Foresti irá disputar Ironman 70.3

Acostumado às provas de triathlon, piloto de Brasília irá disputar o Challenge Maceió neste domingo

Quem acha que vida de piloto se resume a sentar em um carro e competir a mais de 200 km/h está muito enganado. Para manter em dia a forma física e os reflexos os competidores das principais categorias do automobilismo mundial praticam vários outros esportes que serve, principalmente, de suporte para suas atividades principais.

Após ter chegado a uma das categorias de acesso a F-1, o piloto brasiliense Lucas Foresti sentiu na pele a necessidade de praticar exercícios físicos. Diante de uma crescente demanda por músculos e movimentos cada vez mais rápidos e cadenciados, o piloto trouxe para o seu cotidiano à prática de atividades físicas e, atualmente, além das sessões de musculação prática longos períodos de exercícios aeróbicos como corrida a pé, ciclismo e natação.

Neste contexto, contando sempre com o apoio de seus patrocinadores e familiares, o piloto tem participado regularmente de provas de Triathlon e, desde 2014, disputa também as provas do Ironman 70.3.
Depois da desgastante etapa da Corrida do Milhão, da Stock Car, Foresti mudou radicalmente a sua programação e passou, desde então, a se dedicar aos preparativos para o seu próximo desafio esportivo.

Neste domingo, dia 23, ele irá se juntar à atletas de várias partes do Brasil e até mesmo internacionais, para as disputas do Meio Ironman de Maceió. Na capital de Alagoas o Challenge Maceió será composto por uma competição que irá largar as seis da manhã para 1,9 km de natação. Saindo da água os competidores sobem em suas bicicletas e seguem para 90 km de ciclismo e, finalmente, o desafio é completado com 21,1 km de corrida.

Toda a parte da natação será realizada na praia de Pajuçara. A prova do ciclismo, em sua maior parte, seguirá na rodovia AL-101 e, finalmente, a corrida, terá sua disputa com três voltas na Avenida Dr. Antônio Gouveia da Praia de Pajuçara seguindo em direção à Praia da Ponta Verde.

"Fiquei muito feliz pela oportunidade de, por mais uma vez, disputar uma competição do Ironman 70.3. Tenho de ser sincero e dizer que não me preparei muito, até pelo nossa agenda super cheia na Stock, neste mês de agosto. Mas, certamente, irei me empenhar ao máximo em conseguir uma atuação prazerosa e terminar a prova em cerca de seis horas será muito bom", comentou o atleta de 23 anos.