Erros de estratégia

Pilotos da equipe Axalta C2 optaram por troca de dois pneus na parada de box em Campo Grande, comprometendo o ganho de posições

A maior categoria do Brasil fez seu retorno ao Autódromo Internacional de Campo Grande para a realização da nona etapa da temporada 2015. A Axalta C2 Team, uma das equipe que vem se destacando na competição em sua segunda temporada, tinha como meta colocar seus dois pilotos nas primeiras posições, mas um erro de estratégia acabou prejudicando o resultado.

Sergio Jimenez largou em sétimo na primeira corrida e, nas primeiras voltas, travou um belo duelo ultrapassando o pentacampeão Cacá Bueno, permanecendo na briga até a parar nos boxes. "Na primeira prova estava brigando entre o sexto e o nono colocado, mas cometemos um erro de estratégia. Escolhemos juntos e não foi ideal: trocamos dois pneus, então a gente perdeu o top10, o que foi uma falha nossa. O ritmo era bom pra andar entre os seis primeiros, mas isso comprometeu inclusive a corrida dois. Vínhamos bem, quando tinha uma igualdade em sentido de pushs. Fizemos alguns pontos, colhemos informações importantes e conseguimos terminar as duas corridas, e isso é positivo", destacou o piloto do carro #73, da Axalta C2 Team, que finalizou a corrida 1 na 13ª posição e a 2 na oitava colocação.

Companheiro de Jimenez, o jovem Gabriel Casagrande, que correu pela primeira vez no Circuito Orlando Moura e fez jornada dupla correndo no Circuito Schin Stock Car e na Copa Petrobras de Marcas, onde inclusive venceu a prova de sábado. O paranaense lamentou alguns incidentes que prejudicaram seu desempenho. O paranaense finalizou a etapa em 18º e 14º, respectivamente.

"Eu cometi muitos erros no início da corrida que me custaram posições importantes e a gente acabou errando na estratégia do box. Trocamos os dois pneus, e isso me fez perder mais seis ou sete posições. Era pra estar brigando ali pelo décimo lugar pra tentar largar na frente na corrida dois. A gente tinha um bom carro, mas preso no pelotão não dá nem pra andar direito, então foi o que deu pra fazer, conseguimos alguns pontos. Agora é pensar na prova em Curitiba", disse Casagrande.