Pilotos

Curvas desafiadoras e alto desgaste de pneus

Estratégia nos boxes poderá ser fundamental pelas características do tradicional circuito de Tarumã

O Autódromo de Tarumã, palco histórico que recebeu a primeira corrida da Stock Car em 1979, novamente vai abrigar a principal categoria do automobilismo nacional neste final de semana. O tradicional circuito gaúcho é considerado um dos mais desafiadores do calendário, principalmente pelas freadas fortes e a alta velocidade média dos carros, como explica o piloto da Cimed Racing, Denis Navarro.

"A pista de Tarumã possui características bem particulares e com certeza para os pilotos é um grande desafio. As curvas 1 e 2 são de alta, a Tala Larga e a do Laço são bem técnicas, enfim, é um traçado interessante. Mas é claro que uma reforma seria ainda melhor, já que as áreas de escape são pequenas e o asfalto é muito abrasivo, então o desgastante de pneus é preocupante para o final de semana", diz Denis Navarro.

O circuito de Tarumã é o quinto traçado que mais vezes recebeu a Stock Car com 33 corridas realizadas. A pista fica somente atrás de Interlagos, Jacarepaguá (extinto), Goiânia e Brasília.

Os treinos da Stock Car começam nesta sexta-feira, a partir das 10h40 da manhã. O classificatório será no sábado ao meio-dia e a rodada dupla será no domingo às 13h (horários de Brasília). A definição do grid de largada e as duas provas terão transmissão ao vivo dos canais Sportv.