Confiante, Hot Car topa tudo por R$ 1 milhão

Equipe e pilotos aproveitaram pausa no calendário para ajustar carros e deixá-los ainda mais competitivos em Goiânia

Na equipe Hot Car Competições (Bardahl) o clima é de otimismo para a MAPFRE Corrida do Milhão. Durante a pausa no calendário, a equipe paulista, chefiada por Amadeu Rodrigues, fez uma revisão completa nos bólidos #2, de Rafa Matos, e #110 de Felipe Lapenna, para chegar a Goiânia com tudo 100%.

Uma boa estratégia, carros bem acertados e aquela dose extra de sorte podem ser os ingredientes-chave para a vitória, domingo. "A Corrida do Milhão vai ser ultracompetitiva. Estamos muito entusiasmados, pois apesar do resultado final não ter sido bom para os nossos pilotos na corrida passada, em Goiânia, tínhamos dois carros rápidos, tanto que o Rafa fez a melhor volta da corrida 1.  Acredito que teremos dois carros bem acertados e vamos traçar uma boa estratégia para brigar por este milhão", considera Amadeu Rodrigues, chefe da equipe. 

Aproveitando o tema da Corrida do Milhão, Rafa Matos vai usar um capacete especial, com uma pintura específica do milhão. O modelo é uma releitura da versão que ele usou em 2012, quando correu a prova como piloto convidado. Esta será a terceira participação do mineiro na Corrida do Milhão, e a segunda vez defendendo as cores da Hot Car. "Temos que trabalhar de forma objetiva no acerto e nas mudanças, para ter um carro bom no classificatório, e conseguir uma boa posição de largada", diz.

Para Felipe Lapenna a expectativa também é positiva. "Tivemos um pouco de azar em nossa primeira passagem por Goiânia. Mas os carros estavam bons e competitivos. Com as revisões que o Amadeu e a equipe fizeram, acertando alguns detalhes importantes, a expectativa é para uma boa corrida. Acredito que temos chances de andar no grupo da frente, entre os dez primeiros", avalia o piloto paulista, que disputará pela segunda vez a prova mais especial do calendário.