Pilotos

Cimed Racing tem Marcos Gomes no pódio

Cacá Bueno, agora 5º na classificação, logo atrás de Fraga, conquista dois top-10. Atual campeão é 4º na corrida 1 em Londrina

A Stock Car viveu uma etapa emocionante com uma grande disputa entre os quatro primeiros colocados no campeonato. O atual campeão Felipe Fraga teve uma forte disputa com os líderes (Daniel Serra e Thiago Camilo) e chegou na quarta colocação e manteve esta mesma posição na tabela.

Além da boa corrida com Fraga, a Cimed Racing também teve dois pilotos subindo na classificação: Marcos Gomes foi ao pódio na corrida 2 ao chegar em segundo lugar e, como segundo maior pontuador em Londrina (35 pontos), ele agora é oitavo no campeonato. Já Cacá Bueno foi um dos únicos pilotos a conquistar top-10 nas duas provas, subindo para o quinto lugar no campeonato e assim entrando de vez na briga pelo título.

"A disputa foi muito boa entre os líderes da prova e a gente tinha chance de descontar ainda mais pontos, já que os dois líderes bateram na largada, mas acabou que fui acertado também pelo Vitor (Genz) e não pontuei na prova 2. Mesmo assim, é importante saber que o carro da Cimed Racing está competitivo e ainda estamos na briga pelo título", diz Fraga, que venceu em Londrina no ano passado.

Na prova 2, Camilo e Serra bateram logo na largada e isso ajudou a embolar ainda mais a classificação geral. A corrida 2 teve vitória de Ricardo Zonta e Marcos Gomes foi um dos destaques ao terminar na segunda colocação. O piloto do carro 80 da Cimed Racing foi o segundo maior pontuador do final de semana com 35 pontos conquistados neste domingo.

"Foi um final de semana bastante positivo para mim. Eu vinha de duas etapas difíceis (Curvelo e Velo Citta) e precisava de um pódio como aconteceu hoje. A Cimed Racing vem fazendo um trabalho muito forte e há quatro etapas vem colocando sempre no mínimo um piloto no pódio. Hoje os quatro pilotos andaram entre os primeiros e nas duas corridas, o que mostra nossa evolução nesta temporada", diz Marquinhos.

A próxima etapa é na Argentina, onde a Stock Car volta a correr depois de um hiato de uma década. É em Buenos Aires onde Cacá Bueno estabeleceu seus primeiros anos como piloto profissional e desenvolveu uma carreira de bastante sucesso, que o torna um dos nomes mais conhecidos no país vizinho até hoje. Embalado pelo sétimo lugar na prova 1 e o décimo na 2, o piloto da Cimed Racing espera seguir a evolução na próxima etapa.

"A estratégia da equipe foi muito boa hoje, mas tivemos dois problemas no final de semana: um na classificação, em que poderíamos ter conseguido um lugar melhor, e o outro foi na corrida 2, que eu larguei por fora e fiquei preso entre alguns adversários mais lentos. Depois o carro ficava entrando em modo de segurança por causa do forte calor e isso também nos comprometeu na disputa por um possível top-5 na corrida 2. Não foi um final de semana bom pelo potencial que o carro tinha, mas a parte boa é que nosso carro mostrou que pode brigar pela vitória nas próxima etapa em Buenos Aires, onde gosto muito do traçado e conquistei grandes vitórias", diz Cacá, que foi o último vencedor da Stock Car na Argentina.

A Cimed Racing ainda teve uma forte chance de conseguir um top-5 com Denis Navarro na prova 2. O paulista fez uma estratégia focada na segunda corrida, fazendo um pit stop completo na primeira etapa, com reabastecimento total e troca de quatro pneus. Largando em 24º lugar, já vinha em sexto até sofrer um toque de Vitor Genz e ter que sair da prova – o gaúcho foi excluído da prova pelo acidente, que também acabou tirando Fraga.

"Eu vinha muito forte depois de ter trocado os quatro pneus na corrida 1 e poderia com certeza ter terminado entre os cinco melhores na corrida 2. Uma pena ter acabado fora da prova por um toque do Vitor Genz, que tirou o Fraga da corrida e fez com que o carro dele viesse em minha direção", diz Denis.

A próxima etapa da Stock Car acontecerá em Buenos Aires no dia 1º de outubro