Stock está de volta e Abbate e Lapenna vivem expectativa para Corrida do Milhão

Foram quase dois meses desde a última etapa, em Cascavel. Pilotos da Hot Car estão ansiosos para voltar a acelerar neste domingo em Interlagos

O autódromo José Carlos Pace, em Interlagos (SP), já começa a sentir o clima de uma das principais corridas do Brasil. Neste domingo (dia 11), a pista será palco da Corrida do Milhão, sétima etapa da temporada 2016 da Stock Car.

Na equipe Hot Car Competições (Bardahl), os paulistas Felipe Lapenna e Raphael Abbate não veem a hora de voltar a acelerar os seus carros. Em virtude dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, a categoria ficou quase dois meses sem corridas.

Os treinos para a disputa do prêmio milionário começam na sexta-feira (9). O classificatório será sábado (10), ao meio-dia (ao vivo SporTV). No domingo, a etapa terá sua largada às 10 horas (ao vivo TV Globo).

"Tivemos uma longa pausa, devido às Olimpíadas, e ficamos quase dois meses sem competição. Por um lado, isso favoreceu as equipes. A Hot Car, em particular, conseguiu fazer uma boa revisão da parte técnica dos carros. Nossos Stocks foram totalmente desmontados, revisados e preparados para esta segunda fase do campeonato, que é a decisiva", comentou Abbate, de 24 anos.

"Como a Corrida do Milhão é uma corrida curta, então é uma prova onde é preciso pensar numa estratégia rápida. Tentar largar entre os Top-10 e fazer o máximo possível para acertar bem o carro e ter um ótimo desempenho na pista", completou o paulista do Stock Car #26, que tem como melhor resultado na temporada um quarto lugar em Santa Cruz do Sul (RS).

No Stock #110 do time, comandado por Amadeu Rodrigues, Lapenna também está animado. "A expectativa é muito boa. Nosso carro se mostrou muito rápido nas últimas três etapas e foi uma pena alguns problemas que impediram a briga pelos pódios em Cascavel e Santa Cruz do Sul", ressaltou o piloto de 30 anos.

"Em Interlagos, vamos buscar evoluir o carro durante os treinos. É uma pista que gosto muito, onde já tive pódios na época da Fórmula Renault e Stock Light e tem todo o clima de correr em casa, com a família e os amigos por perto. Estamos muito empolgados e tenho certeza de que temos chances de estar entre os 10 primeiros", completou Lapenna.