CBA cria Comissão de Inquérito

Grupo foi anunciado através de portaria nº 02/2016

O Presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo, Cleyton Pinteiro, determinou em Portaria que se crie imediatamente a Comissão de Inquérito para apurar eventuais irregularidades de um comissário técnico e um auxiliar da entidade, informada na última segunda-feira, em matéria publicada pelo jornal "Folha de S. Paulo".

A Comissão terá três membros e será formada pelo piloto Chico Serra, o presidente da Federação de Automobilismo do Espírito Santo, Robson Duarte, e será presidida por um representante da ABPA - Associação Brasileira de Pilotos de Automobilismo.

Confira, abaixo, o teor do comunicado da CBA:

"PORTARIA Nº 02/2016

O Presidente da CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO, eleito em Assembleia Geral Ordinária de 18 de janeiro de 2013, no uso das prerrogativas que lhe são atribuídas pelo Estatuto, considerando que esta Confederação tomou ciência de matéria, publicada na data de hoje, 29 de fevereiro de 2016, no jornal Folha de São Paulo, pela jornalista Paula Cesarino Costa, intitulada: “Troca de mensagens põe em xeque isenção de fiscais da Stock Car”; considerando que a matéria informa que a Folha de São Paulo “teve acesso a uma troca de mensagens, por WhatsApp de um grupo de comissários e auxiliares que atua no circuito”; considerando que nas conversas, a que a Folha de São Paulo diz ter tido acesso, os comissários supostamente fariam ameaças de desclassificar pilotos e se vangloriariam de já o terem feito e considerando, por último, que a matéria se refere especificamente ao auxiliar Paulo Ygor Dias, ao comissário técnico Clóvis Teruo Matsumoto, bem como aos pilotos Cacá Bueno, Xandinho Negrão e Átila Nunes.

RESOLVE:

CRIAR COMISSÃO DE INQUÉRITO, formada por 3 (três) membros, para apurar eventuais irregularidades nas atividades do auxiliar Paulo Ygor Dias e do comissário técnico Clóvis Teruo Matsumoto, em provas da Stock Car; nomear para fazer parte da referida Comissão Francisco Adolpho Serra (Chico Serra), Robson Duarte, Presidente da Federação de Automobilismo do Estado do Espírito Santo, e expedir ofício para a Associação Brasileira de Pilotos de Automobilismo – ABPA, para que, no prazo de 5 (cinco) dias, indique o nome de um piloto para presidir a Comissão, ora criada, que terá prazo de 30 dias, a contar de sua instalação, para apresentar o relatório final. O Presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo resolve, ainda, provisória e preventivamente, afastar os oficiais de pista investigados de suas atividades, até a apresentação do relatório final da Comissão, quando outras resoluções serão tomadas, com base na conclusão dos trabalhos.

Dê ciência e cumpra-se,

Cleyton Tadeu Correia Pinteiro."