Cavaleiro confirma evolução e pontua com os dois carros

Equipe de Sérgio Jimenez e Popó Bueno marca pontos na terceira etapa da temporada. Próxima parada: Santa Cruz do Sul no dia 5 de junho

Com estratégias diferentes, os pilotos da equipe Cavaleiro Sports, Sérgio Jimenez e Popó Bueno, deixam a terceira etapa da temporada 2016 da Stock Car, em Goiânia (GO), com pontos.

Largando em 16º, Jimenez foi o oitavo colocado na corrida 1, que teve a vitória do atual campeão Marcos Gomes. O paulista optou por não parar nos boxes para o reabastecimento. Já Bueno vinha numa estratégia diferente, mas teve problemas e abandonou.

Na segunda bateria, Jimenez partiu da terceira posição e andou um bom tempo entre os líderes. Mas depois teve de parar para reabastecimento e não completou. Bueno largou dos boxes, o carro mostrou uma evolução e o carioca finalizou em 11º, também marcando pontos. O paulista Galid Osman foi o vencedor da segunda bateria.

Em 18º lugar no campeonato, com 21 pontos, Jimenez deixou a pista satisfeito. "A primeira prova foi boa. Íamos adotar a estratégia durante a corrida, a gente vinha conversando muito no rádio. O carro largou bem, mas depois ficou difícil para guiar. A posição para ficar realmente contente seria chegar em quinto e existia essa possibilidade, já que eu briguei um bom tempo com o Max (Wilson) na prova e ele chegou em quarto. Mas acho que dá para comemorar mais um salto, um Top-10, conseguimos mais alguns pontos. Acho que já estamos entre os 15, só precisamos agora evoluir para estar entre os dez primeiros", avaliou o piloto do Stock #73.

Bueno também explicou o ocorrido com o seu carro e o que precisa ser melhorado para a próxima etapa, dentro de 15 dias em Santa Cruz do Sul (RS).

"Eu não tinha um carro equilibrado na primeira prova, ele estava ‘traseiro’ e acabou furando meu radiador, porque eu peguei uma poça na pista e tive de abandonar. Larguei dos boxes e chegamos em 11º. O carro deu uma melhorada, um salto de qualidade, mas mesmo assim novamente tive o problema de motor, que me atrapalhou na classificação e precisamos ver isso para as próximas corridas. Não conseguia andar no mesmo ritmo do primeiro pelotão. Precisamos mexer nisso e melhorar para Santa Cruz, porque lá tem muita reta também", finalizou o carioca.