Após 22 anos, Rio Grande do Sul volta ao pódio

Com ultrapassagem nos últimos metros, Vitor Genz garante a terceira posição na etapa de Londrina

Fim de jejum. Após 22 anos de ausência, o Rio Grande do Sul voltou a ocupar um lugar no pódio de uma corrida da Stock Car. Com uma ultrapassagem nos últimos metros da segunda corrida disputada em Londrina (PR), Vitor Genz cruzou a linha de chegada na terceira posição e comemorou como nunca o retorno de seu Estado ao pódio da principal categoria do automobilismo nacional. A rodada dupla deste domingo (25), disputada na cidade do norte paranaense, considerada a Capital do Café, teve Felipe Fraga e Rubens Barrichello como vencedores.

Largando da 24a posição, o pódio parecia algo improvável para o piloto da equipe Eisenbahn Racing, que teve de escalar o pelotão ao longo da prova e ultrapassou Thiago Camilo nos últimos instantes de corrida para garantir o resultado. "A gente largou mais de trás e nos preparamos para essa segunda corrida. Acho que consegui fazer uma prova muito boa. Meu chefe de equipe, o Carlos Alves, sempre diz para eu ser bem agressivo. Eu vi a oportunidade e consegui a duas curvas do final caçar este pódio. Estou muito feliz, dedico isso à minha namorada, meu pai, minha família e minha equipe", comemorou Genz.

O último gaúcho a subir no pódio da Stock Car havia sido João Campos na abertura da temporada de 1994 em Goiânia (GO) com um terceiro lugar.