Abbate e Giallombardo correm em Tarumã pela primeira vez com um Stock Car

Estreante este ano, Abbate disputará sua primeira corrida pela categoria na pista gaúcha. Argentino Giallombardo terá sua segunda experiência na equipe Hot Car

Uma das pistas mais tradicionais do automobilismo brasileiro, Tarumã, em Viamão (RS), será o palco da 11ª e penúltima etapa da temporada 2015 da Stock Car neste domingo, dia 8. Na equipe Hot Car Competições, os pilotos Raphael Abbate e Mauro Giallombardo estão animados para enfrentar os desafios do traçado de 3.039 metros, que conta com nove curvas de alta, média e baixa velocidade, além de um "Esse" em descida, a chamada Curva do "Tala-larga".

Os treinos terão início na sexta-feira (6), com a tomada de tempos no sábado (7) e as duas provas no domingo (13h10 e 14h25, ao vivo no SporTV).

"Tarumã é uma pista onde sempre andei bem nas outras categorias. No ano passado, no Brasileiro de Turismo, cheguei a liderar um dos treinos e briguei pela pole. A expectativa é boa, estamos evoluindo o carro, evoluindo o meu ritmo nas corridas e prova disso é que fiquei bem próximo dos dez primeiros em Curitiba, na primeira corrida, no mês passado", comentou Abbate, que foi vice-campeão do Brasileiro de Turismo em 2014 e este ano estreou na Stock.

"Em Cascavel, tivemos um acerto bom para o carro e é uma pista parecida com Tarumã, com curvas de alta e para a esquerda. Então, espero que a gente possa andar bem e buscar um lugar entre os Top-10", completou o piloto do Stock #26.

Campeão de Turismo Carretera na Argentina, Giallombardo fará sua segunda corrida no time comandado por Amadeu Rodrigues e espera mais sorte do que em Curitiba, onde teve alguns problemas, precisou trocar de motor, e não completou as corridas. Tarumã será mais uma pista desconhecida para o piloto do Stock #16.

"A experiência que tive com a equipe em Curitiba vai me ajudar bastante para esta etapa. Conheci melhor os outros competidores e vamos buscar uma boa estratégia para as corridas e melhorar com certeza. O resultado em Curitiba não é a realidade do carro da Hot Car. Fomos bem no primeiro treino lá, mas depois enfrentamos problemas e não conseguimos a performance esperada nas corridas. Mas temos potencial e vamos em busca disso", declarou Giallombardo, que tem 25 anos.

O "comandante" Rodrigues também mostra otimismo para a reta final do campeonato. "Estamos bastante animados para a etapa em Tarumã. O Rapha tem mostrado a cada corrida sua evolução com o carro da Stock. E o Giallombardo já vai estar mais entrosado com a equipe e conhecendo melhor o carro. Vamos em busca do maior número de pontos possíveis nas duas corridas", finalizou o chefe do time.

Tags: