8 de março

Dia Internacional das Mulheres

8 de março, Dia Internacional da Mulher. Presentes em todas as áreas do mercado de trabalho atual, as mulheres também marcam presença no Circuito Schin Stock Car. O número de mulheres envolvidas com a categoria é muito superior ao que havia em 1979, no primeiro ano de disputas da Stock Car.

As mulheres estrearam na pista apenas na sexta temporada da Stock Car e a primeira mulher a disputar uma corrida na categoria foi Regina Calderoni, em 1984. Regina correu duas provas em Interlagos e não chegou a fazer a temporada completa, mas registrou seu nome na história, abrindo a porta para o trabalho feminino na categoria até então dominada por homens.

Regina chegou ao automobilismo como cronometrista e lutou contra o preconceito de outros pilotos na época, para conseguir alinhar seu carro no grid de Interlagos.

Trinta anos depois foi a vez de Bia Figueiredo se tornar a segunda mulher a guiar um carro de Stock Car, sendo a primeira a disputar uma temporada completa. Com longa carreira no automobilismo norte americano, Bia foi a primeira mulher a vencer uma prova na Indy Lights e também disputou provas na Fórmula Indy, até estrear pela Stock Car em Interlagos. Ao todo, Bia Figueiredo disputou 21 corridas ao longo da temporada 2014.

Além de presentes no grid, as mulheres atuam também fora das pistas, seja dentro dos boxes ou fora deles, e estão no comando de equipes, na engenharia e na sala de imprensa. Além das profissionais envolvidas diretamente com as equipes, as esposas dos pilotos também marcam presença em todas as categorias organizadas pela Vicar.

Em 2015 elas continuam a marcar presença na principal categoria do automobilismo nacional. Fica aqui nossa homenagem a todas as mulheres da Stock Car e do Brasil.